Giro do Vale / Destaque / Geral

Rissul anuncia fechamento da unidade no Shopping Lajeado

Atividades serão encerradas na segunda-feira, dia 5

Foto: Rissul / Divulgação

A partir da próxima segunda-feira, dia 5, serão encerradas as atividades do Supper Rissul no Shopping Lajeado, no km 346 da BR-386, em Lajeado. O fechamento da filial foi informado na tarde desta quinta-feira, dia 1º, pela Unidasul, que administra o supermercado. São pelo menos cem trabalhadores ativos na unidade, segundo relatos de colaboradores. Ainda há dez pessoas afastadas por licença-saúde ou maternidade.

De acordo com funcionários, que preferem não se identificar, boatos sobre o fechamento do Rissul no Shopping Lajeado já eram ouvidos desde a última semana. No entanto, o anúncio oficial para a equipe ocorreu nesta quinta-feira, durante reunião. Depois, uma nota oficial foi encaminhada à imprensa. Nesta sexta-feira, dia 2, uma comitiva da Unidasul, que fica em Porto Alegre, virá a Lajeado para detalhar a decisão aos meios de comunicação da região e aos trabalhadores do supermercado.

Segundo o comunicado, a decisão está baseada em dificuldades financeiras e de rentabilidade, que teriam ocorrido durante a administração do centro comercial pelo M.Grupo. A gestão, porém, mudou há cerca de 45 dias. O Rissul está no shopping há cerca de uma década. Antes, existia uma filial do supermercado Nacional.

Dois casos em sete dias

Na última segunda-feira, dia 29, a loja Multisom, que vende eletroeletrônicos e equipamentos musicais, fechou as portas no Shopping Lajeado. Resta a unidade que fica na Rua Júlio de Castilhos, Centro.

São cerca de 100 lojas Multisom nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Conforme o proprietário da rede, o empresário Francisco Novelletto, pelo menos 40 unidades devem ser fechadas até abril de 2018. A justificativa é o crescimento das vendas pela internet e a consequente queda nos espaços físicos.

Relembre

O Shopping Lajeado foi colocado à venda por conta da falência do M.Grupo, reconhecida em setembro de 2017, pela 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ). Além dos problemas envolvendo a unidade de Lajeado, o M.Grupo perdeu o comando do Shopping Gravataí, em fevereiro de 2017. O centro comercial da Região Metropolitana de Porto Alegre sofreu com cortes de energia elétrica e obras inacabadas, semelhante ao que ocorre na região.

Nas praças realizadas em São Paulo, em junho do ano passado, foi vendido o correspondente a 30% do prédio, para a credora do M. Grupo, a Ápice Securitizadora. O restante foi oferecido em leilão, no Weiand Hotel, em Lajeado, nos dias 22 de novembro e 6 de dezembro de 2017, sem interessados.

Confira a nota:

“Supper Rissul encerra atividades em Lajeado

A Unidasul, administradora do Supper Rissul, informa o encerramento das atividades da loja localizada no Shopping Lajeado, a partir do dia 5 de fevereiro. Tal decisão deve-se à dificuldade de manter a operação da unidade, que não vem sendo rentável desde quando iniciou-se a administração do Shopping Lajeado pelo M.Grupo.

São de conhecimento público as inúmeras dificuldades que o Shopping Lajeado vem enfrentando para manter-se como centro de compras adequado para toda a região. Estas dificuldades asseveraram-se após a decretação de falência do M.Grupo. O Supper Rissul, durante todo este período, buscou diversas alternativas comerciais para evitar o fechamento desta unidade, mas que, infelizmente, não reverteram o resultado negativo que a operação vem apresentando nos últimos anos.

O Supper Rissul agradece ainda por todo o carinho com que foi recebido pela comunidade de Lajeado e toda a Região do Vale do Taquari e acrescenta que estará atento a novas oportunidades para uma possível futura instalação de outra unidade na região”.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Colorado terá Rodrigo Moledo e Wellington Silva como novidades.

Crime aconteceu na localidade de Picada São Gabriel.

BM localizou o veículo no Bairro Nossa Senhora Aparecida.

Fiat Elba, ano 1990, teria incendiado enquanto o proprietário o dirigia, pela Rua Sete de Setembro.