Giro do Vale / Destaque / Polícia / Vale do Taquari

Comando Rodoviário da Brigada Militar assume trecho da BR-386

Via do Bairro São José, em Estrela, também será do policiamento rodoviário.

Foto: Divulgação

Os Pelotões Rodoviários da Brigada Militar de Cruzeiro do Sul e Teutônia assumiram, a partir das 00h01 desta quinta-feira, dia 01 de março, um trecho da BR-386, entre os municípios de Lajeado e Estrela.

O trecho, entre os kms 346,4 e 350 foi estadualizado, passando para domínio e conservação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Desta forma, além das obras de melhorias e conservação, o serviço de policiamento, que até esta quarta-feira, dia 28, é de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Lajeado, passa a ser de competência do Estado.

Entre o viaduto da ERS-130 e o meio da ponte sobre o Rio Taquari, o atendimento será do Pelotão de Cruzeiro. Do meio da ponte até a altura do monumento Chuck e Ruth em Estrela, acesso ao bairro Boa União, será de competência dos patrulheiros de Teutônia.

O comando Rodoviário da Brigada Militar coloca à disposição da comunidade os telefones: de emergência 198, além dos fixos 3784-1011 (Cruzeiro) e 3762-4760 (Teutônia).

O atendimento pré-hospitalar permanece sendo realizado pelo Samu que atende pelo telefone 192 ou pelo o Corpo de Bombeiros através do fone 193.

Rua Adauto Cardoso

Outro trecho que passa a ser de responsabilidade do Pelotão Rodoviário da Brigada Militar de Teutônia é a rua Adauto Cardoso, no Bairro São José, em Estrela, via que liga a BR-386 a ERS-129.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.

Veículo cortou a frente de ônibus que transportava cerca de 20 pessoas. Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas, sendo que quatro permanecem no HBB, em estado regular.

Mulher havia registrado ocorrência de Maria da Penha contra o indivíduo.

Ele foi agredido com socos e teve sua carteira, com documentos e cerca de R$ 1 mil, levada.