Giro do Vale / Lajeado / Polícia

Igreja é condenada a pagar R$ 20 mil para casal em Lajeado

A instituição recorreu ao Supremo Tribuna Federal (STF), mas o órgão manteve a sentença do TJ-RS.

Depois de coagir um casal de Lajeado há cerca de dez anos, a Igreja Universal Reino de Deus foi condenada a pagar uma indenização de R$ 20 mil. Em 2007, uma moradora do bairro Conservas estava com problemas financeiros e começou a frequentar os cultos. Depois de algumas etapas, ela começou a participar da chamada Fogueira Santa.

Ela prometeu entregar joias, dinheiro, itens domésticos, mobília e chegou até a vender um carro para conseguir “receber o máximo” de Deus. O marido, que viajava constantemente, ao perceber o que ocorria, foi até o templo tentar reaver os bens, mas não conseguiu. O homem registrou o caso na Delegacia de Polícia.

Posteriormente, o casal processou a Igreja, tendo vitória em primeira instância em Lajeado. O caso foi encaminhado para o Tribunal de Justiça (TJ-RS), que condenou a Igreja a indenizar o casal com R$ 20 mil, por danos morais. A instituição recorreu ao Supremo Tribuna Federal (STF), mas o órgão manteve a sentença do TJ.

 

Grupo Independente

Comentários

  1. anonimoo disse:

    baita charlatões…bobo é quem confia

  2. Feori disse:

    Inspirador! Obrigado

Publicidade

Últimas Notícias

Um adolescente também foi levado à Delegacia para ser ouvido

Próximo sorteio ocorre no sábado

Homem é apreendido com crack em Teutônia

Eles arrombaram a porta do automóvel e ainda picharam escrita da facção “Os Manos” na parede do colégio

Tricolor venceu o co-irmão nos pênaltis, por 3 a 2 depois de muita tensão e nervosismo