Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio e Atlético-PR empatam em bom jogo na Arena

Tricolor teve as melhores chances, mas não conseguiu tirar o zero do placar.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio empatou em 0 a 0 com o Atlético-PR na Arena na noite deste domingo pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da falta de gols, a partida foi boa com duas equipes buscando jogar com bola no chão. O Tricolor teve as melhores chances, mas pecou na pontaria nas finalizações. Quando a bola foi a gol, o goleiro Santos apareceu bem para salvar o time paranaense.

Com o empate, Grêmio e Atlético-PR ficam quatro pontos no Campeonato Brasileiro, atrás do Corinthians. O Timão é o único time que conseguiu 100% nas duas primeiras rodadas e lidera com seis pontos conquistados. O Tricolor volta a campo já na quarta-feira para enfrentar o Goiás pela Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, o próximo compromisso é sábado, às 16h, diante do Botafogo no Rio de Janeiro.

O jogo

O confronto entre Grêmio e Atlético-PR era o mais esperado da segunda rodada do Brasileirão por reunir o time de Renato Portaluppi, tricampeão da América e tido por muitos como o melhor time do Brasil, contra o Furacão, da ousada proposta de jogo de Fernando Diniz. E as duas equipes entregaram o que prometiam desde os primeiros minutos na Arena.

O Atlético-PR tentou envolver o Grêmio com toque de bola no começo do jogo. Com uma saída pelo chão desde o goleiro Santos e o trio de zagueiros, o CAP foi fiel ao seu estilo. O Tricolor tentou usar isso a seu favor e adiantou a marcação para forçar o erro dos paranaenses. E uma falha aconteceu logo aos quatro minutos. Santos saiu jogando errado e deu a bola nos pés de Everton, que tocou para Luan. O camisa 7 bateu e acertou a trave. A bola ainda sobrou para Ramiro, que mandou por cima com o gol vazio.

O Grêmio seguiu adiantando sua marcação, mas o Atlético-PR se manteve com a posse de bola na primeira parte do primeiro tempo. Mesmo assim, foi o Tricolor que ameaçou de novo aos 18. Dessa vez, Everton apostou na jogada individual e chutou para boa defesa de Santos.

O Tricolor chegou novamente com perigo aos 25 minutos com o capitão Maicon. Ele tabelou com Léo Moura e chutou cruzado para nova defesa de Santos. A essa altura o Grêmio já conseguia tocar mais a bola e emparelhava a posse de com o Atlético-PR.

Vendo a perda de domínio do jogo, o Atlético-PR passou a se postar mais atrás. A equipe recuou suas linhas e começou a esperar o Grêmio. O Tricolor ainda teve mais uma chance com o Luan, que recebeu de André aos 32, se livrou de Thiago Heleno, mas chutou por cima do gol.

O Atlético-PR foi criar uma chance de gol apenas nos acréscimos. Aos 46, Pablo recebeu às costas da defesa, mas antes de finalizar acabou desarmado por Pedro Geromel, que veio na recuperação e mandou a bola para escanteio. Final de primeiro tempo: Grêmio 0 x 0 Atlético-PR.

Renato Portaluppi mostrou queria chegar rápido ao gol e voltou para o segundo tempo com uma mudança ofensiva. A atacante Alisson entrou no lugar de Léo Moura. Com isso, Ramiro foi para a lateral em uma alteração feita muitas vezes ao longo do Campeonato Gaúcho.

Alisson, como de costume, entrou ligado no jogo. Logo aos três minutos, ele recebeu passe de Ramiro dentro da área, girou sobre a marcação e chutou por cima. O Grêmio mais uma chance aos 5. Dessa vez, Geromel cruzou para Everton, que subiu sozinho, mas cabeceou para fora.

O Grêmio aos poucos foi perdendo força na sua pressão e o Atlético-PR começou a sair de trás. Aos 14, após um escanteio, Carleto cruzou para Pablo, que antecipou à defesa gremista e cabeceou para fora.

O jogo caiu de ritmo e ficou sem emoções até que aos 27 minutos Camacho deu uma mãozinha para o Grêmio. Ele, que já tinha cartão amarelo, deu uma entrada dura em Luan e foi expulso. Com um a mais, Renato chamou Jael para o lugar de Arthur.

Com dois centroavantes, o Grêmio foi para uma pressão nos minutos finais. O cenário final do jogo foi o Atlético-PR postado próximo de sua área e o Tricolor rondando ela em busca de um espaço para finalizar.

O gol quase veio logo aos 32 minutos em um cruzamento de Everton. André apareceu às costas da defesa e desviou de carrinho, mas Santos, bem colocado, fez a defesa. Logo depois, Renato fez mais uma mudança ofensiva. O volante Maicon saiu para a entrada de Maicosuel. A essa altura o Grêmio ficava sem nenhum volante em campo.

Mesmo com a postura ofensiva, o Grêmio criou pouco nos minutos finais. Bem postado defensivamente, o Atlético-PR conseguiu fechar os espaços na sua área e obrigou o Tricolor a abusar dos cruzamentos, que não tiveram o efeito esperado. A partida terminou mesmo sem gols, Grêmio e Atlético-PR ficam com quatro pontos no Brasileirão.

Campeonato Brasileiro – 2ª rodada

Grêmio – 0

Marcelo Grohe; Léo Moura (Alisson), Geromel, Bressan, Cortez; Maicon (Maicosuel), Arthur (Jael); Ramiro, Luan, Everton; André. Técnico: Renato Portaluppi.

Atlético-PR – 0

Santos; Pavez, Paulo André, Thiago Heleno; Rossetto, Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães), Carleto; Nikão, Pablo (Ederson) e Guilherme (Zé Ivaldo). Técnico: Fernando Diniz.

Cartões amarelos: Geromel, André, Ramiro (GRE); Pablo, Bruno Guimarães (CAP)

Cartão vermelho: Camacho (CAP)

Árbitro: Raphael Claus (SP-Fifa)

Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA-Fifa) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP-Fifa)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A vítima, de 28 anos, procurou ajuda em um propriedade rural, tendo sido acionado o policiamento.

Colisão frontal entre micro-ônibus e táxi ocorreu no km 6 da RSC 453

Chuva será volumosa na Região Oeste, Noroeste e Centro do Estado

Jacir Potrich sumiu na noite da terça-feira, e câmeras de segurança não flagraram homem deixando sua residência