Giro do Vale / Geral / Mundo

Avião cai pouco após decolar de aeroporto em Cuba

Informação foi confirmada pela imprensa oficial

Foto: Adalberto Roque / AFP / Divulgação

Um avião Boeing 737 caiu em Havana, Cuba, nesta sexta-feira, dia 18, pouco após decolar do Aeroporto Internacional José Martí.

A aeronave da empresa estatal Cubana de Aviación levava 104 passageiros, além de nove integrantes da tripulação, somando 113 pessoas a bordo e teria caído, em chamas, às 12h08 no horário local (13h08 no horário de Brasília), segundo o Granma — jornal oficial do Partido Comunista de Cuba.

Três passageiros já foram resgatados, segundo a CÑN, a versão espanhola da CNN. De acordo com o jornal cubano Granma, os sobreviventes estão em estado crítico, mas já foram hospitalizados.

Ambulâncias e carros de bombeiros estão nas pistas do aeroporto — que conta com três terminais.

Em publicação no Twitter, a CubaTV — rede de noticiário local — informa que a aeronave pertencia à companhia Cubana de Aviación e seu destino seria a provícia de Holguín, a leste do país.

O avião caiu em uma área de cultivo agrícolo na cidade de Boyero, há cerca de 40 quilômetros de Havana.

Na rede social, usuários publicaram fotos das nuvens de fumaça tomando a pista do aeroporto José Martí — considerado o principal do país — e afirmam que o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, se encontra no local. O líder declarou que há um alto número de vítimas em decorrência do acidente, segundo a agência de notícias AFP.

 

R7.com

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Dois carros incendiaram após a colisão

Porém, o pedido foi negado pela Justiça, mesmo com parecer favorável do Ministério Público (MP)

Previsão é que a Draco comece a operar em maio de 2019, a partir do ingresso de novos servidores na corporação

Ministério da Saúde ampliou prazo para até terça-feira, na tentativa de preencher vagas que faltam