Giro do Vale / Geral / Mundo

Avião cai pouco após decolar de aeroporto em Cuba

Informação foi confirmada pela imprensa oficial

Foto: Adalberto Roque / AFP / Divulgação

Um avião Boeing 737 caiu em Havana, Cuba, nesta sexta-feira, dia 18, pouco após decolar do Aeroporto Internacional José Martí.

A aeronave da empresa estatal Cubana de Aviación levava 104 passageiros, além de nove integrantes da tripulação, somando 113 pessoas a bordo e teria caído, em chamas, às 12h08 no horário local (13h08 no horário de Brasília), segundo o Granma — jornal oficial do Partido Comunista de Cuba.

Três passageiros já foram resgatados, segundo a CÑN, a versão espanhola da CNN. De acordo com o jornal cubano Granma, os sobreviventes estão em estado crítico, mas já foram hospitalizados.

Ambulâncias e carros de bombeiros estão nas pistas do aeroporto — que conta com três terminais.

Em publicação no Twitter, a CubaTV — rede de noticiário local — informa que a aeronave pertencia à companhia Cubana de Aviación e seu destino seria a provícia de Holguín, a leste do país.

O avião caiu em uma área de cultivo agrícolo na cidade de Boyero, há cerca de 40 quilômetros de Havana.

Na rede social, usuários publicaram fotos das nuvens de fumaça tomando a pista do aeroporto José Martí — considerado o principal do país — e afirmam que o presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, se encontra no local. O líder declarou que há um alto número de vítimas em decorrência do acidente, segundo a agência de notícias AFP.

 

R7.com

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.

Veículo cortou a frente de ônibus que transportava cerca de 20 pessoas. Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas, sendo que quatro permanecem no HBB, em estado regular.

Mulher havia registrado ocorrência de Maria da Penha contra o indivíduo.

Ele foi agredido com socos e teve sua carteira, com documentos e cerca de R$ 1 mil, levada.