Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Geral

Bom Retiro do Sul decreta situação de emergência pública pela escassez de combustíveis

A manifestação dos caminhoneiros conta com o apoio do Executivo Municipal.

Foto: Divulgação

A Administração de Bom Retiro do Sul, através vice-prefeito Eder Eduardo Muller Ciceri, decretou na tarde desta quinta-feira, 24, com efeito imediato, situação de emergência pública em razão do desabastecimento e a escassez de combustíveis no âmbito do município de Bom Retiro do Sul, em decorrência da greve nacional dos caminhoneiros, que protestam contra o aumento dos combustíveis que vem afetando de igual modo os serviços públicos. A manifestação dos caminhoneiros conta com o apoio do Executivo Municipal.

A situação de emergência pública é considerada devido ao desabastecimento de combustível dos postos de combustível; pelo município ser responsável pelo transporte escolar de toda a rede municipal e estadual e não ter reservas de combustível bem como não ter como comprar combustível nesse momento de escassez e para preservar os recursos disponíveis para os serviços essenciais de saúde.

Está suspenso neste período o transporte escolar oferecido pelo município e os serviços que necessitam de máquinas na secretaria de obras. Não serão paralisados os serviços de urgência e emergência da área da saúde e nem o recolhimento de lixo, já que é caso de saúde pública. Os veículos oficiais só poderão ser utilizados em casos de extrema urgência.

Portanto, a situação de emergência pública fica decretada a partir deste momento e vigerá até que a situação do desabastecimento seja revertida, visando economizar recursos para a área da saúde.

 

AI Prefeitura

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A imagem da mulher, morta, foi exposta em grupo de WhatsApp quando seu corpo estava sendo preparado para o velório

Quatro homens participaram do assalto e fugiram, levando um funcionário refém

Haverá intensa fiscalização nas estradas estaduais e federais do RS