Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio supera retranca e vence o Defensor na Arena

Luan, em chute de fora da área, marcou o único gol da partida na Arena.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio teve dificuldade para superar a forte marcação do Defensor, mas conseguiu uma vitória de 1 a 0 na noite desta terça-feira na Arena que garantiu o primeiro lugar do Grupo 1 da Libertadores da América. O resultado deve deixar o Tricolor com a segunda melhor campanha da primeira fase do torneio. Luan, aos 20 do segundo tempo, marcou o único gol da partida.

O sorteio dos confrontos das oitavas de final da Libertadores da América ocorre em 4 de junho. Os jogos de ida serão disputados apenas na segunda semana de agosto. Por ter sido primeiro colocado, o Grêmio terá o direito de jogar a segunda partida do mata-mata na Arena.

Ferrolho uruguaio segura o Grêmio no primeiro tempo

O Defensor entrou em campo com uma postura semelhante as de Inter e Paraná nos últimos jogos do Grêmio no Campeonato Brasileiro. E o Tricolor reviveu as mesmas dificuldades nos primeiros 45 minutos. A equipe de Renato Portaluppi terminou o primeiro tempo sem nenhuma finalização perigosa ao gol de Matías Rodríguez.

Postado com uma linha de cinco defensores e outra de quatro meio-campistas sempre próximas de sua área, o Defensor não ofereceu espaço para as infiltrações do Grêmio. Cícero tentou em finalizações de fora da área no começo do jogo abrir o caminho para o Tricolor, mas não foi feliz. As iniciativas do camisa 10 foram isoladas e o chute a média distância foi pouco usado no decorrer da primeira etapa.

Sem conseguir tabelas e entrar na área do Defensor pela faixa central, o Grêmio tentou as jogadas pelos lados e forçou os cruzamentos. Foram 16 ao longo do primeiro tempo, mas quase todos acabaram com os zagueiros uruguaios tirando o perigo.

No único cruzamento certo de Léo Moura – o lateral errou os outros cinco que tentou no primeiro tempo –, aos 41 minutos, o Grêmio teve sua chance mais clara de gol no primeiro tempo. Marcelo Oliveira apareceu no outro lado da área para receber a bola, dominou e chutou de perna direita uma bola que passou ao lado do gol. Com pouca criação gremista, o primeiro tempo terminou sem gols na Arena.

Luan garante vitória do Grêmio

Na volta para o intervalo, o Grêmio seguiu com dificuldades para entrar na área do Defensor, mas contou com um Luan mais participativo. O camisa 7, discreto no primeiro tempo, começou a chamar o jogo. Foi dele a primeira chance de gol em uma falta sofrida por Kannemman na entrada da área só 4 minutos. Luan bateu por cima da barreira e a bola passou à direita do gol de Matías Rodríguez, que estava batido no lance.

Luan voltou a tentar de fora da área, dessa vez com bola rolando, aos 11 minutos. O chute, porém, desviou em Maicon e se perdeu pela linha de fundo. Aos 19 foi a vez de Ramiro tentar. Em falta da intermediária, o camisa 17 bateu com força e mandou raspando a trave.

Mas era Luan mesmo quem iria tirar o zero do placar. E foi em um chute de fora da área. Aos 20, o camisa 7 recebeu de Léo Moura e bateu rasteiro no canto esquerdo. O goleiro Rodríguez pulou, mas não chegou na bola, 1 a 0 na Arena.

Logo após o gol gremista, o técnico Eduardo Acevedo mexeu no ataque do Defensor. Germán Rivero entrou no lugar de Waterman. O time uruguaio, no entanto, seguiu sem oferecer perigo a Marcelo Grohe.

O Grêmio quase marcou o segundo gol em uma lance fortuito. Após cruzamento de Léo Moura, Nico Correa antecipou para fazer o corte e quase mandou contra o próprio gol. Já na parte final do segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi sacou o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira e mandou o zagueiro Paulo Miranda a campo. Com isso, Kannemann foi para a lateral-esquerda, posição que iniciou a carreira quando surgiu no San Lorenzo. Thaciano ainda entrou no lugar de Thonny Anderson nos minutos finais, mas pouca coisa aconteceu no jogo. O Grêmio administrou a vantagem confirmou a vitória de 1 a 0 que garantiu o primeiro lugar do Grupo 1 da Libertadores.

Libertadores 2018 – Grupo 1

Grêmio – 1

Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Marcelo Oliveira (Paulo Miranda); Maicon, Cícero; Ramiro, Luan e Maicosuel (Lima); Thonny Anderson. Técnico: Renato Gaúcho.

Defensor Sporting – 0

Matías Rodríguez; Mathias Suárez, Gonzalo Maulella, Nicolás Correa, Santiano Carrera, Ayrton Cougo; Rabuñal (Pablo López), Matias Cabrera, Cardacio, Benavidez; Waterman (German Rivero). Técnico: Eduardo Acevedo.

Gols: Luan (20min/2T)

Cartões amarelos: Luan (GRE) Ayrton Cougo, Cabrera, Benavidez (DEF)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Arbitragem: Nicolás Gallo, auxiliado por Humberto Clavijo e Dionisio Ruiz (trio da Colômbia).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Dois carros incendiaram após a colisão

Porém, o pedido foi negado pela Justiça, mesmo com parecer favorável do Ministério Público (MP)

Previsão é que a Draco comece a operar em maio de 2019, a partir do ingresso de novos servidores na corporação

Ministério da Saúde ampliou prazo para até terça-feira, na tentativa de preencher vagas que faltam