Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio cria pouco e garante empate com o Sport no Recife

Tricolor chegou a controlar a partida, mas foi ameaçado no fim e manteve o 0 a 0.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O misto do Grêmio chegou a ter controle tático em boa parte do jogo, mas criou pouco e acabou comemorando o empate com o Sport, nesta quarta-feira na Ilha do Retiro. Com poucas chances, o Tricolor ainda foi muito pressionado no segundo tempo e segurou o 0 a 0 para somar um ponto fora de casa no Brasileirão.

Com o resultado, vai para o intervalo da Copa do Mundo com 20 pontos, figurando entre os seis primeiros do campeonato. O Sport, por sua vez, vai a 19 pontos, na sétima colocação. Agora, os gremistas só voltam a jogar em 18 de julho, contra o Atlético-MG na Arena.

Visitantes indigestos

Um Grêmio bem postado defensivamente foi superior ao Sport na primeira etapa, mas novamente pouco efetivo no ataque. Os donos da casa, por sua vez, apostaram nas bolas pelas laterais e nos cruzamentos, sem realmente ameaçarem a meta de Marcelo Grohe.

O primeiro bom lance da partida ocorreu aos 10 minutos, iniciado por Bressan. O zagueiro gremista fez grande lançamento para Cortez, que ajeitou a bola e mandou rasteiro para Lima. Dentro da área, o garoto ajeitou e mandou o chute de três dedos e a bola saiu desviada à direita da meta. Dois minutos depois, o Tricolor descolou uma falta frontal, próxima à meia-lua. Arthur tentou o chute colocado, no canto direito, mas o goleiro Mailson defendeu, bem postado no lance.

Enquanto isso, o Sport só chegava nas bolas paradas. Fellipe Bastos tentou duas vezes em cobranças de faltas de longe: carimbou a barreira numa e mandou fraco a outra. Em cruzamento, aos 21 minutos, Rogério tentou puxar uma bicicleta no escanteio batido por Marlone, pegou embaixou da bola e isolou.

Numa partida de poucas alternativas, o já criticado André passou em branco e até tentou voltar no meio para pegar a bola. O resultado foram enormes vaias dos pernambucanos e nada de mais perigoso a favor do Grêmio. A última chance da etapa foi aos 34. Ramiro cobrou falta no segundo pau e Cícero subiu bem para cabecear, mas levou o encontrão e concluiu por cima da meta.

Grêmio ameaça e depois sofre

Na volta do intervalo, os gremistas tentaram acelerar um pouco em busca do gol. Aí, o goleiro Mailson fez duas defesas importantes. Aos dois minutos, Ramiro recebeu no meio e mandou a patada para o gol. O goleiro caiu firme no canto esquerdo. Quatro minutos depois, Ramiro levantou bola com perigo na área e Thaciano cabeceou firme no primeiro pau, parou no goleirão bem posicionado.

A estocada inicial parou por aí e o Sport adiantou suas linhas para levar muito perigo à meta do Tricolor. Aos 13, Michel Bastos recebeu na direita e cruzou rasteiro na área, Bressan furou e Rafael Marques quase fez o desvio. A bola chegou para Grohe, que pegou certeiro. No contra-ataque, o Grêmio ainda teve sua última boa chance. Cortez fez grande jogada e serviu Lima na risca da área. O garoto teve tempo para preparar a batida, mas isolou. Foi sua última participação, pois Renato lançou Pepê no seu lugar.

Aos 17, o Sport perdeu a maior chance da partida, de forma incrível. Bressan e Paulo Miranda ficaram parados na linha boba e Rogério foi lançado na área. Ele tinha o gol à disposição, com tempo para concluir, atrapalhou-se, furou em bola e caiu sobre o goleiro Marcelo Grohe.

O Grêmio ainda escapou de levar o gol da derrota em bola aérea aos 29 minutos. Michel Bastos cobrou escanteio e Ronaldo Alves subiu livre para cabecear com força. Para sorte tricolor, a bola passou tirando tinta do poste esquerdo. A possibilidade de vitória dos donos da casa ainda parou nas mãos de Grohe, cinco minutos depois. Carlos Henrique recebeu na risca da área e mandou uma marretada. O goleirão voou no canto esquerdo e conseguiu espalmar.

Brasileirão – 12ª rodada

Sport 0

Mailson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Gabriel (Everton Felipe) e Marlone (Michel Bastos); Rogério (Carlos Henrique) e Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.

Grêmio 0

Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Paulo Miranda e Bruno Cortez; Arthur, Cícero, Ramiro, Thaciano (Kaio) e Lima (Pepê); André (Jael). Técnico: Renato Portaluppi.

Cartões amarelos: Ronaldo Alves, Sander e Deivid (S); Cícero e Kaio (G).

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG).

Público: 19.497 pagantes.

Local: Ilha do Retiro (Pernambuco).

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Polícia segue realizando buscas e até o momento uma pessoa foi presa.

Eles confessaram o crime após serem detidos no Loteamento 8, Bairro Canabarro.

Engenheira Civil Júlia Rodrigues Cardoso fala sobre a importância de um projeto bem elaborado para a realização da obra.

Motocicleta estava com placa que pertencia a um carro de Canoas.