Giro do Vale / Polícia / Venâncio Aires

Acusada de matar a sogra é condenada em Venâncio Aires

Corpo da vítima foi encontrado em fossa, meses após o crime

Foi condenada em júri popular realizado na última quinta-feira, dia 26, em Venâncio Aires, Josiane da Silva Rodrigues (28). Ela é acusada de matar Iara Rosângela da Silva de Ávila (50 anos na época), no dia 31 de julho de 2014, no bairro Coronel Brito, em Venâncio. A vítima era sogra da acusada.

Conforme a acusação do Ministério Público, após se desentender com a vítima, Josiane teria empurrado a mulher, que caiu, bateu a cabeça e ficou desacordada. Na sequência, Iara ainda teria sido golpeada na cabeça com um pedaço de madeira.

O corpo da vítima foi encontrado em uma fossa entre as casas onde moravam no bairro Coronel Brito. O crime teria sido cometido no dia em julho de 2014, mas o cadáver foi localizado somente em maio de 2015.

Josiane foi condenada a sete anos e nove meses, mais multa, com pena sendo cumprida inicialmente em regime semiaberto.

São seis anos e seis meses pelo homicídio, mais um ano e três meses por ocultação de cadáver. A defesa da ré irá recorrer da sentença.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A vítima, de 28 anos, procurou ajuda em um propriedade rural, tendo sido acionado o policiamento.

Colisão frontal entre micro-ônibus e táxi ocorreu no km 6 da RSC 453

Chuva será volumosa na Região Oeste, Noroeste e Centro do Estado

Jacir Potrich sumiu na noite da terça-feira, e câmeras de segurança não flagraram homem deixando sua residência