Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Geral / Lajeado

Cão que esperava por adoção desde 2012, recebe um novo lar

Casal de Bom Retiro do Sul adotou “Netuno”, o cão mais antigo do Canil de Lajeado.

Keize e Luis Henrique com Netuno, o novo integrante da família. (Foto: Divulgação)

Desde 2012 o cão Netuno estava abrigado no Canil de Lajeado. Na última sexta-feira, dia 27, ele foi adotado pelo casal bom-retirense Luis Henrique Schmidt, 23 anos, e Keize Karine Stamm, 18 anos. Após anos de espera, o cãozinho que sofria de maus tratos no passado, ganhou um lar com muito amor para receber, e também para dar.

O casal adotou Netuno através do programa “Adote um Amiguinho”. Após conversarem sobre a possibilidade de adoção de um cãozinho, Keize pesquisou na internet até encontrar a foto e a história do cão que estava há seis anos no Canil Municipal de Lajeado, à espera de um novo lar.

Amor à primeira vista

“Foi amor à primeira vista”, destacou Luis Henrique. Os novos tutores foram na contramão do que acontece com muita frequência. As pessoas geralmente preferem adotar cães filhotes e de raça. “A história dele nos comoveu. As agressões que ele sofreu no passado e o tempo que ele estava no Canil, nos levaram a essa escolha. Conversamos e vimos que ele merecida mais uma chance de ser feliz ao lado de alguém”, comentou Keize.

Quando chegou ao Canil, o vira-lata apresentava um corte profundo na face, provavelmente provocado por um golpe de facão. Netuno recebeu os cuidados, mas levou tempo até alguém se interessar em leva-lo para fazer parte da família.

Durante a semana o cão fica na casa de Luís em Bom Retiro do Sul, onde ele tem mais espaço para brincar, já que tem pátio cercado. E nos finais de semana ele fica no apartamento de Keize em Lajeado.

“Netuno é um cachorro querido, brincalhão, companheiro e nos trouxe alegria em estar com ele”, finaliza Luis Henrique.

 

Giro do Vale

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

A moto furtada está avaliada em cerca de R$ 15 mil

Escolas e serviços essenciais, de urgência e emergência, terão expediente normal

O Leilão ocorrerá às 10h, no Auditório do Centro Administrativo

Segundo presidente eleito, projeção foi feita pelo economista Paulo Guedes