Giro do Vale / Estado / Geral

Sartori pede permanência da Força Nacional no RS

Governador reuniu-se com o ministro da Segurança Pública nesta terça-feira, dia 17.

Foto: Divulgação

O governador José Ivo Sartori (MDB) solicitou, nesta terça-feira, ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, que a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) permaneça no Rio Grande do Sul. Em agosto de 2016, agentes da tropa federal passaram a reforçar o policiamento ostensivo em Porto Alegre. O convênio, renovado pela última vez em dezembro do ano passado, previa o retorno do efetivo em fim de junho. Cabe ao Planalto responder a solicitação. A previsão é de que uma posição seja dada em breve.

Sartori esteve reunido com Jungmann em Brasília, pela manhã. Outro ponto da agenda envolveu a necessidade de agilizar a licitação do presídio federal de Charqueadas, na região Carbonífera. Ao lado do procurador-geral Euzébio Ruschel, Sartori também solicitou a liberação de recursos de convênios existentes para reaparelhamento da Brigada Militar e investimentos em inteligência, com saldo próximo a R$ 34 milhões.

Jungmann afirmou conhecer a realidade do Rio Grande do Sul adiantou que deve estender a permanência da Força Nacional em Porto Alegre. O ministro prometeu, ainda, avaliar a situação dos convênios e priorizar a pauta penitenciária. “É uma questão nacional, que estamos enfrentando”, destacou.

O presídio federal de Charqueadas está orçado em R$ 42 milhões, com vagas para 218 apenados em regime fechado. A licitação deve ser encaminhada pelo Palácio do Planalto após a conclusão dos estudos geotécnicos necessários para a elaboração do projeto.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Condutor de um dos veículos envolvidos, fugiu do local

Ações foram na madrugada desta sexta, dia 19, na região central

Moto bateu em carro que estava parado, e condutor não resistiu aos ferimentos

Brigadiano teve fratura frontal do crânio. Ele está internado na UTI. Fato ocorreu após o Gre-Nal