Giro do Vale / Estado / Polícia

Acusado de assalto em agência bancária da Serra há nove anos é assassinado em São Leopoldo

A autoria e as motivações do assassinato estão sendo investigadas

Um homem de 51 anos foi executado a tiros na última terça-feira, dia 21, no bairro Chácara dos Leões, em São Leopoldo. Carlos Roberto Assmann estava em um automóvel Nissan Livina, quando foi atingido por cinco disparos, morrendo no local.

Segundo a polícia, Assmann tinha antecedentes por assalto, tráfico de drogas e homicídio, e era integrante de quadrilha responsável por assalto a bancos.

Em 2009, o homem foi preso pela Polícia Civil após assalto com reféns a uma agência do Banco do Brasil em Monte Belo do Sul, município da Serra Gaúcha, que faz divisa com Bento Gonçalves.

Em 2014, ele foi indiciado pela Polícia Federal em investigação de tráfico internacional de drogas. As motivações e autoria da execução estão sendo investigadas.

 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

O motociclista negou o teste do etilômetro, sendo autuado administrativamente.

Na justificativa da proposta, o senador Airton Sandoval cita estudos feitos em países diversos que vinculam a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de problemas de saúde.

Máxima pode chegar aos 30°C em algumas cidades do Estado

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.