Giro do Vale / Destaque / Polícia

Foragido, assaltante de bancos Papagaio é preso no Paraná

Segundo a polícia paranaense, ele estava com outras três pessoas em uma chácara no município de Agudos do Sul.

Foto: Divulgação /BM

Um dos mais conhecidos assaltantes de bancos no Rio Grande do Sul, Claudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, foi preso mais uma vez, na madrugada desta terça-feira, dia 11, no município de Agudos do Sul, no Paraná. Ele estava foragido do sistema prisional do Rio Grande do Sul desde dezembro do ano passado.

Segundo a polícia paranaense, ele estava com outras três pessoas em uma chácara na cidade. A Polícia Militar recebeu informações de que o grupo tinha uma grande quantidade de armamento.

Foram apreendidos quatro fuzis, além de munição. As outras três pessoas também foram presas.

Papagaio também ficou conhecido por ser o primeiro preso a fugir da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc). Ele foi beneficiado com progressão de regime em setembro do ano passado e fugiu em dezembro.

O assaltante é apontado como participante de um ataque a carro-forte em Bento Gonçalves, no mês de fevereiro deste ano. Um mandado de prisão preventiva contra o foragido foi expedido em junho pela Justiça. Os indícios da participação de Papagaio no ataque surgiram a partir de depoimento dos presos no local do crime e também de testemunhas do assalto.

Progressão de regime

Quando Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, foi beneficiado com progressão de regime, a Vara de Execuções Criminais afirmou que considerou parecer favorável do Ministério Público. O órgão, por sua vez, citou que desde o dia 9 de setembro o assaltante possuía o direito de progredir de regime. Além do bom comportamento, foi considerada uma avaliação psicossocial que não contraindica a progressão da pena.

Papagaio soma mais de 55 anos de prisão por assaltos a bancos e carros fortes. Dentro da cadeia, foram descontados 922 dias da pena por atividades realizadas dentro da prisão, como a leitura de livros. Com isso, o total da pena reduziu para 53 anos e 1 mês.

Histórico do Papagaio

1999 – Fugiu da Pasc
2000 – Preso novamente no regime fechado
2004 – Foi para o semiaberto por decisão judicial
2005 – Retornou para o fechado
2006 – Progrediu para o semiaberto em junho, fugiu em agosto e foi recapturado em novembro
Setembro de 2007 – Voltou para o regime fechado por decisão judicial, mas progrediu novamente para o semiaberto
Outubro de 2007 – Fugiu do semiaberto e foi recapturado dias depois e retornou para o fechado
2010 – Voltou para o semiaberto e fugiu no mês de abril. Foi recapturado no dia 24 de dezembro e permaneceu preso desde então
2017 – Foi beneficiado com progressão de regime em setembro e fugiu em dezembro.

 

GaúchaZH

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

O motociclista negou o teste do etilômetro, sendo autuado administrativamente.

Na justificativa da proposta, o senador Airton Sandoval cita estudos feitos em países diversos que vinculam a adoção do horário de verão com o desenvolvimento de problemas de saúde.

Máxima pode chegar aos 30°C em algumas cidades do Estado

Indivíduo, que ainda não teve a identidade confirmada, teria sido alvejado por quatro disparos de arma de fogo.