Giro do Vale / Montenegro / Polícia

PRF flagra motorista transportando produtos perigosos em desacordo com as normas de segurança

No caminhão estavam sendo transportados 1.200 kg de produto perigoso, que em contato com água libera o gás tóxico cloreto de hidrogênio.

Foto: Divulgação / PRF

Às 13h de sexta-feira, dia 28, a Polícia Rodoviária Federal abordou, na Unidade Operacional de Montenegro, um caminhão Mercedes Benz 1113 de Canoas, que era conduzido por um senhor de 60 anos. No caminhão estavam sendo transportados 1.200 kg de produto perigoso, ONU3096, sólido corrosivo hidro reativo, que em contato com água libera o gás tóxico cloreto de hidrogênio.

O transporte era realizado em total desacordo com a norma vigente. O condutor não possui curso específico para esse tipo de transporte, não sendo, portanto, autorizado a conduzir o veículo com a referida carga. O caminhão não tinha sinalização específica e obrigatória para esse transporte. Também não havia EPI e material de emergência para proteção em caso de acidente.

O fato caracteriza crime ambiental configurado no artigo 56 da Lei de Crimes Ambientais. Foram lavrados dez autos de infração do regulamento próprio e um termo circunstanciado para o condutor. O caminhão e o motorista foram liberados após regularização das inconformidades.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Turno único foi adotado em 1º de dezembro e previsão era de se estender até 15 de fevereiro

Caroneira morreu após colisão entre moto e carro

Seu papel de destaque foi o policial Neto no filme “Tropa de Elite”