Giro do Vale / País / Política

Bolsonaro diz que Trabalho manterá status de Ministério

Presidente eleito recuou da ideia de extinção da pasta e diz que estuda a incorporação com outro ministério

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) informou na tarde desta terça-feira, dia 13, que o Ministério do Trabalho não deve perder o status de ministério, mas que será incorporado em outra pasta. “Não vai perder o status de ministério, não vai ser uma secretaria”, disse.

Ainda segundo Bolsonaro, a equipe dele não definiu quais ministérios farão parte da fusão. O presidente eleito também não decidiu o nome que comandará o superministério. “Vai ser o Ministério disso e disso e do Trabalho”, afirmou. Na quarta-feira da semana passada, o presidente eleito tinha anunciado o fim do Ministério do Trabalho.

Sobre o número de ministérios, ele também afirmou que não vê problemas que aumente além do que estava previsto. “Estamos com 17, mas se chegar a 18 ou 19, não tem problema.” Bolsonaro está em Brasília nesta semana em reuniões da agenda de transição.

Ministro da Defesa

Na manhã desta terça, o presidente eleito anunciou o general do Exército Fernando Azevedo e Silva como o novo ministro da Defesa. A expectativa é que até quarta, sejam divulgados os nomes do futuro ministro de Relações Exteriores e do Meio Ambiente.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Planejamento projeta volta integral de todos os níveis de ensino apenas em setembro

Autoridades cumprem ordens de busca e apreensão no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina

O secretário da Saúde, Augusto Pellegrini, e o procurador do município, Milton Coelho, também foram detidos

Sol predomina em todo o Estado, mas amanhecer será de muito frio em diversas regiões