Giro do Vale / País / Política

Bolsonaro diz que Trabalho manterá status de Ministério

Presidente eleito recuou da ideia de extinção da pasta e diz que estuda a incorporação com outro ministério

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) informou na tarde desta terça-feira, dia 13, que o Ministério do Trabalho não deve perder o status de ministério, mas que será incorporado em outra pasta. “Não vai perder o status de ministério, não vai ser uma secretaria”, disse.

Ainda segundo Bolsonaro, a equipe dele não definiu quais ministérios farão parte da fusão. O presidente eleito também não decidiu o nome que comandará o superministério. “Vai ser o Ministério disso e disso e do Trabalho”, afirmou. Na quarta-feira da semana passada, o presidente eleito tinha anunciado o fim do Ministério do Trabalho.

Sobre o número de ministérios, ele também afirmou que não vê problemas que aumente além do que estava previsto. “Estamos com 17, mas se chegar a 18 ou 19, não tem problema.” Bolsonaro está em Brasília nesta semana em reuniões da agenda de transição.

Ministro da Defesa

Na manhã desta terça, o presidente eleito anunciou o general do Exército Fernando Azevedo e Silva como o novo ministro da Defesa. A expectativa é que até quarta, sejam divulgados os nomes do futuro ministro de Relações Exteriores e do Meio Ambiente.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Nas próximas semanas, devem ser abertos, no mínimo, mais 40 leitos de UTI Covid no Estado

Governador havia antecipado que alta ocupação de leitos acionaria salvaguarda responsável por nível mais alto de restrição

Esse é o terceiro caso desse tipo registrado no Estado de São Paulo em menos de um mês

Indivíduo furtou dinheiro do caixa pela manhã e à tarde voltou para tentar novo furto