Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Polícia

Mãe e padrasto são indiciados pela morte do menino, em Bom Retiro

Relatório ainda sugere que a mãe perca a guarda do outro filho de apenas quatro meses de idade

Delegado Juliano Stobbe indiciou mãe e padrasto por homicídio culposo do menino de apenas 2 anos. (Foto: Juliano Beppler)

O inquérito da investigação sobre a morte do menino Jonas Santiago de Farias, de 2 anos, está praticamente concluído. O delegado Juliano Stobbe que responde pela Delegacia de Polícia (DP) de Bom Retiro do Sul falou à nossa reportagem sobre detalhes da investigação, que levaram ele a indiciar a mãe do menino, de 20 anos, e o padrasto de 17 anos, por homicídio culposo.

Para a conclusão do inquérito está faltando apenas que o perito assine o laudo final e encaminhe para o Delegado remeter todo o material para o Fórum, de onde será entregue ao Ministério Público que poderá oferecer a denúncia, arquivar o caso, ou ainda pedir que a Polícia Civil faça novas diligências acerca do caso.

A investigação

Segundo Stobbe os depoimentos e provas colhidos durante a investigação teriam lhe deixado claro o tratamento ríspido que o menino recebia tanto da mãe como do padrasto. Conselho tutelar, testemunhas próximas a família e imagens de câmeras de vídeo monitoramento auxiliaram na investigação policial.

“Uma filmagem que mostra eles retornando do ginásio onde estaria acontecendo um jogo, aparece o padrasto de mãos dadas com o garoto levando ele de forma ríspida pelo caminho”. O delegado afirma que o garoto teria se afogado com o suco gástrico ainda no caminho de casa. O que poderia ter sido provocado pela forma como ele foi levado.

“Imagens feitas por uma testemunha na casa da mãe do menino, mostram ela dormindo despreocupadamente enquanto as crianças choram ao lado, provavelmente com fome”, relata Stobbe.

Perda de guarda

O Delegado irá sugerir ainda no relatório que a mãe perca a guarda do outro filho de apenas 4 meses. Segundo Stobbe, ela não tem condições de cuidar dessa criança pelo que a investigação apontou.

Falso testemunho

A investigação também desmentiu a versão apresentada inicialmente pela mãe onde ela disse que teria havido negligência por parte da ambulância do município que havia sido chamada para socorrer o garoto. “Os relatórios de ligações telefônicas foram apresentados e provam que tão logo receberam o chamado, uma equipe iniciou o deslocamento para socorrer Jonas, mas logo em seguida houve outra ligação vinda do hospital dizendo que o garoto já havia sido levado à casa de saúde por um vizinho.

 

Giro do Vale

Comentários

  1. Maria Cleci disse:

    Muito triste lamentável

  2. Anderson disse:

    Espero que os responsáveis não ficam em pune

  3. Anônimo disse:

    UM demônio desse não merece ter filhos .

  4. Anônimo disse:

    Esperamos que a justiça seja feita!!!

  5. Sandra veras disse:

    Como muitos casos o conselho tutelar tinha conhecimento e não fez nada agora que matam a criança eles se pronuncia. ..agora mais uma vez é tarde

  6. Amarildo disse:

    Tipo assim merece cadeia sem fiança

  7. Amarildo disse:

    Um tipo desse merece cadeia sem fiança

  8. Anônimo disse:

    Por favor tirem logo esse outro inocente dessa louca antes que aconteça outra tragédia.

  9. Nardel disse:

    Eu que o diga, nem dormi naquela noite, por ver a forma que a crianca passou aquí sendo levada como se.fosse um bixinho e chorando o tempo todo, até hoje me parece està ouvindo o chourinho dele.😥

  10. Maria Cristina klock disse:

    Muito triste, isso.

    Eu conhecia o menino, um docinho…

  11. Rose disse:

    Lamentavelmente triste, revoltante ler relatos assim!
    Enquanto sonho(em vão), ter mais filhos, acontecem casos, como este!
    Anjos sendo mal tratados, agredidos e muitas vezes, mortos, pelos pais!
    Meu DEUS, pelos próprios pais!!!
    Por ande anda o amor???
    Que a justiça seja feita!!!😭😭😭

  12. Anonimo disse:

    Se tinha testemunhas da maneira rispida de como tratavam o menino pq esperam o pior acontecer?Cuidado com o bb!!!

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Três mulheres teriam ficado feridas e foram socorridas por equipes do Samu e Bombeiros

Informações sobre o paradeira dele podem ser repassadas à polícia.

Pasta dará prioridade a profissionais formados no Brasil

Chuva retorna ao Estado no fim de semana