Giro do Vale / Destaque / Estado / Polícia

Operação no feriado de Proclamação da República fiscaliza rodovias do RS até domingo

Período teve média de 5,9 mortes em acidentes por dia, desde 2007

A Operação Viagem Segura de Proclamação da República começou na última quarta-feira, dia 14, e vai até a meia-noite de domingo, dia 18, com a intensificação da fiscalização nas rodovias estaduais e federais do Rio Grande do Sul. O objetivo é evitar acidentes e, principalmente, mortes no trânsito. Segundo o governo, o período teve média de 5,9 mortes em acidentes por dia, desde 2007.

Essa média, ainda de acordo com dados do governo, fica um pouco abaixo da média geral entre os feriados, que é de 6,4, mas bem acima dos dias de semana, quando morrem 4,3 pessoas por dia no estado. Isso corresponde a dizer que a cada quatro horas e quatro minutos, uma pessoa perde a vida no trânsito, no período.

Em 2013, houve um pico de 7,5 mortes. Em 2017, como a data caiu em uma quarta-feira, a operação durou apenas um dia, quando foi registrada uma morte, a menor marca já registrada na série histórica.

Nesse feriado, desde 2007, já foram registrados 218 acidentes fatais de trânsito, com 242 mortos. Os municípios em que mais ocorreram esses acidentes foram Porto Alegre (17), Viamão, Passo Fundo, São Leopoldo (com oito cada) e Rio Grande (seis).

A Viagem Segura é realizada desde 2011 e chega a sua 96ª edição neste feriado. Em sete anos, a operação contabilizou 5.388.252 veículos fiscalizados (equivalente a mais de 80% da frota gaúcha, que hoje é de 6,7 milhões) e 212.722 testes de etilômetro aplicados. Foram registradas 968.404 infrações, sendo 19.094 autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do bafômetro. A fiscalização também recolheu 90.248 veículos e 24.769 carteiras de habilitação.

G1-RS

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo estava próximo ao Rancho Bonanza

Trio armado rendeu as duas pessoas que estavam no veículo

Regiões mais afetadas são monitoradas pela RGE e pela RGE Sul