Giro do Vale / Destaque / Polícia

Quatro mortes registradas durante a Operação Proclamação da República

Foram registrados seis acidentes que resultaram em lesões nos ocupantes

Acidente que resultou na morte de dois homens no final da noite do domingo, dia 18. (Foto: Divulgação / PRF)

Às 23h59 de domingo, dia 18, a Polícia Rodoviária Federal encerrou a Operação Proclamação da República 2018, que teve início na quarta-feira, dia 14.

No trecho de competência da Delegacia em Lajeado, tanto na saída para o feriado – na quarta-feira à noite e na quinta pela manhã – quanto no retorno dele – no domingo à tarde e à noite – observou-se aumento no fluxo de veículos, porém este foi bem distribuído. Houve momentos em que se registrou lentidão em alguns pontos da rodovia, principalmente na ponte do Rio Caí, devido ao afunilamento gerado pela interdição da pista no sentido interior-capital.

Prevendo o aumento no fluxo de veículos, a PRF reforçou o seu efetivo e as fiscalizações a veículos e pessoas foram intensificadas. O foco do trabalho foi nas fiscalizações de excesso de velocidade, embriaguez ao volante e ultrapassagens irregulares, especialmente nos locais com maiores índices de acidentes, de acordo com estatísticas da instituição.

Apesar disso, houve dois acidentes com morte durante o feriado, ambos em momentos nos quais a movimentação de veículos era menor.

Duas pessoas morreram após colisão frontal em Marques de Souza. (Foto: Divulgação / PRF)

O primeiro aconteceu no sábado, por volta das 13h50, no km 313,5 da BR-386, em Marques de Souza. O condutor de um utilitário Fiat Fiorino, com placas de Porto Alegre, transitava no sentido interior-capital, quando invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente em um caminhão que vinha em sentido oposto. O caminhão, com placas de Caibi-SC, transportava uma carga de massas e biscoitos de Bento Gonçalves para Santa Catarina. O motorista do caminhão sofreu lesões leves e foi encaminhado pelo SAMU ao hospital Bruno Born, em Lajeado, enquanto que os dois ocupantes da Fiorino, que eram irmãos, residiam em Viamão e tinham 43 e 49 anos de idade, morreram no local, devido à violência da colisão.

O segundo aconteceu no final da noite de domingo, no km 229,7 da BR-386 em Soledade. O motorista de uma caminhonete Ford/Pampa com placas de Soledade transitava no sentido capital-interior, invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente em um caminhão com placas de Sarandi, que vinha em sentido interior-capital. O motorista do caminhão ficou ileso. Já os ocupantes da Pampa, os quais eram irmãos, não resistiram aos ferimentos e morreram no local. O motorista tinha 32 anos e era natural de Farroupilha. O passageiro tinha 34 anos.

Durante a operação, foram registrados seis acidentes que resultaram em lesões nos ocupantes. Quatro pessoas ficaram feridas levemente, duas tiveram ferimentos graves e quatro morreram. Os demais acidentes resultaram apenas em danos materiais nos veículos.

A PRF fiscalizou 560 veículos e confeccionou 185 autos de infração. Foram realizados 173 testes de etilômetro, todos com resultado negativo. Um condutor que saiu da pista com seu veículo, recusou-se a realizar o teste e foi autuado pela recusa. Nas atividades de educação para o trânsito, houve o atendimento a 184 pessoas durante as abordagens em automóveis e ônibus. Aconteceram também 52 auxílios a condutores, tais como orientação de trânsito, sinalização durante pane mecânica, informações diversas, dentre outros.

 

PRF

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo estava próximo ao Rancho Bonanza

Trio armado rendeu as duas pessoas que estavam no veículo

Regiões mais afetadas são monitoradas pela RGE e pela RGE Sul