Giro do Vale / Geral / País

Morre o ator Caio Junqueira após grave acidente de carro

Seu papel de destaque foi o policial Neto no filme “Tropa de Elite”

Caio Junqueira não sobreviveu aos ferimentos do acidente de carro. (Divulgação / TV Globo)

Internado durante uma semana no Rio depois de um grave acidente de carro, o ator Caio Junqueira morreu nesta quarta-feira (23), aos 42 anos. Ele estava no Hospital Miguel Couto desde o dia 16, quando bateu o veículo contra uma árvore e capotou. O falecimento do ator foi confirmado pela Secretaria de Saúde do Rio. 

Caio havia manifestado reação no hospital. Sua mãe havia dito que, mesmo sedado, ele abrira os olhos e tentara levantar da cama.

— Isso mostra que ele está querendo lutar pela vida — disse ela no dia 20, sem querer expor o seu nome.

Caio pertencia a uma família de atores: era filho do ator Fábio Junqueira (1956-2018) e irmão por parte de mãe do ator Jonas Torres, que fez o papel de Bacana na série Armação Ilimitada (1985). A influência fez com que Caio começasse cedo: aos nove anos, atuou na série Tamanho Família (1985), exibida na extinta TV Manchete.

Na Globo, Caio atuou nas novelas Barriga de Aluguel (1990), A Viagem (1994) e O Clone (2001) além de séries como Desejo(1990), Engraçadinha (1995), Hilda Furacão (1998) e Chiquinha Gonzaga (1999). No cinema, conseguiu participar de produções de destaque: atuou em Central do Brasil (1998), Abril Despedaçado (2001) e no sucesso de público Tropa de Elite (2007), no qual interpretou o obstinado policial Neto, amigo do coprotagonista André Mathias, ambos policiais aspirantes sob o comando do Capitão Nascimento vivido por Wagner Moura.

Informações sobre a causa da morte ainda não foram divulgadas. 

Gaúcha ZH

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo de Jeferson de Lima Antoni, 17 anos, estava caído em via pública no bairro Planalto

O menor infrator foi localizado pelos policiais na praça de alimentação do Shopping Lajeado

O fogo teria iniciado após a explosão de um botijão de gás, na cobertura

Condutor de um Fox trafegava pela Avenida Benjamim Constant. Nas imediações da Unimed, bateu em um Onix estacionado e tombou