Giro do Vale / Lajeado / Polícia

Porsche que custa mais de R$ 350 mil bate em poste em Lajeado

Condutor do veículo de luxo sofreu lesões leves

Foto: Renato Souza / Divulgação

Um Porsche Panamera, modelo 2011, envolveu-se em acidente na manhã deste domingo, dia 20, em Lajeado. O veículo de luxo bateu em um poste na Rua Senador Alberto Pasqualini, no bairro São Cristovão.

Dentro do veículo, estava apenas o condutor, um homem de 34 anos que não teve sua identidade informada. De acordo com a Brigada Militar, que atendeu a ocorrência, o motorista teria perdido o controle do veículo e batido em um poste à direita da via.  Não houve vítimas além do motorista, que sofreu lesões leves. Não foi feito o exame do bafômetro.

O modelo Panamera da Porsche pode ter especificações que modificam o valor do veículo. De acordo com a tabela Fipe, que é referência no cálculo de preços de carros no mercado nacional, o preço de um Porsche Panamera Turbo 4.8 500cv/520cv modelo 2011, o mais caro entre os Panamera fabricados até 2011, é de R$ 365 mil, em média.

GaúchaZH

Comentários

  1. Everton araujo de campos disse:

    Não foi feito bafometro por se tratar de um carro de luxo? Se vc um carro popular teriam feito? Isso é Brasil

  2. Carmen disse:

    Também pensei sobre isso…sem bafômetro…

  3. um aí disse:

    O cara deve ser de uma família tradicional de lá pra não fazerem o teste do bafômetro.

  4. Anônimo disse:

    Eu nao entendi por que o carro bateu ..qual motivo de nao informar que o motorista bateu com um Porsche.. So por que e um carro de luxo .. Por que nao fizeram o texte do bafômetro .. Por que nao divulgaram a velocidade que andavam. Deviam ter feito como fazem quando um carro comum bate informando nome ..velocidade .. Texte bafometro ..

  5. Anônimo disse:

    mão era movido à álcool…mas sim e drogas…esse tipo de acidemte ja não é so álcool …e sim drogas pessadas

  6. Anônimo disse:

    Pq dar o valor do carro isso tem importância para a matéria ou não tem o que falar….e outra o pq o filinho de papai não fez bafômetro….

  7. Alexandre Rodolfo Nunes disse:

    Pensei que em Lajeado só tinha índio….

  8. Anônimo disse:

    Não entendi porque não fizeram bafômetro ou exames toxicológicos.
    Pra uma pessoa comum que se envolve em acidentes a primeira coisa que fazem e bafômetro, será que porque seria uma pessoa rica, influente da alta sociedade!

  9. Claudiomiro de Araújo disse:

    Essa nossa Polícia sempre deixando à desejar.

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo de Jeferson de Lima Antoni, 17 anos, estava caído em via pública no bairro Planalto

O menor infrator foi localizado pelos policiais na praça de alimentação do Shopping Lajeado

O fogo teria iniciado após a explosão de um botijão de gás, na cobertura

Condutor de um Fox trafegava pela Avenida Benjamim Constant. Nas imediações da Unimed, bateu em um Onix estacionado e tombou