Giro do Vale / Destaque / Geral / País

Sobe para nove o número de mortos devido a rompimento de barragem em Brumadinho

Segundo novo levantamento, cerca de 300 pessoas estão desaparecidas

Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais divulgou, na madrugada deste sábado (26), que subiu para nove o número de pessoas que morreram com o rompimento de barragem da Vale ocorrido na cidade de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ainda não há identificação das pessoas que morreram. Na noite de sexta-feira, dia 25, o governo de Minas Gerais divulgou que sete pessoas haviam morrido em decorrência do desastre. 

Segundo levantamento divulgado por volta da 1h30min deste sábado, cerca de 300 pessoas estão desaparecidas. Os bombeiros informam que 189 pessoas já foram resgatadas ao longo das buscas. Equipes seguem trabalhando durante a madrugada na região.  

Ao longo da sexta-feira, quase 100 bombeiros foram deslocados para a região para buscar pessoas desaparecidas. O contigente está sendo acrescido com o passar das horas.  Segundo o governo de Minas Gerais, ele será dobrado a partir da madrugada deste sábado.

‘Dano humano será maior’

Em entrevista nesta sexta-feira, o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, se disse “arrasado”. “Dessa vez o dano ambiental será muito menor que em Mariana, mas o humano será maior”, disse Schvartsman, recém-chegado de Davos, na Suíça.

Schvartsman se refere ao rompimento de uma barragem da Samarco em Mariana (MG), em novembro de 2015. A lama atingiu o distrito de Bento Rodrigues, matando 19 pessoas.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Corpo de Jeferson de Lima Antoni, 17 anos, estava caído em via pública no bairro Planalto

O menor infrator foi localizado pelos policiais na praça de alimentação do Shopping Lajeado

O fogo teria iniciado após a explosão de um botijão de gás, na cobertura

Condutor de um Fox trafegava pela Avenida Benjamim Constant. Nas imediações da Unimed, bateu em um Onix estacionado e tombou