Giro do Vale / Polícia / Venâncio Aires

Casal suspeito da morte de dirigente de futebol é preso em Venâncio Aires

Mulher teria contratado o homem para realizar um furto na casa de Silva, que acabou morto a tiros durante a ação.

Foto: Divulgação

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira, dia 1º, dois suspeitos de envolvimento no assassinato do dirigente do Guarani de Venâncio Aires Éderson Luiz da Silva (36), ocorrido no dia 17 de janeiro em Vila Santo Antônio, Mato Leitão.

Os detidos são mulher e um homem, ambos de 29 anos. De acordo com a Polícia, que trabalha com a hipótese de latrocínio, a mulher teria contratado o homem para realizar um furto na casa de Silva, que acabou morto a tiros durante a ação.

A dupla foi recolhida ao presídio, temporariamente. A Polícia Civil não descarta a participação de outras pessoas no crime. 

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Com os presos a polícia encontrou R$ 740 em notas de R$ 20 falsificadas

Dupla chegou ao local do crime e disparou ao menos cinco tiros na direção da vítima

Estado teve 17,5 mil solicitações do benefício em janeiro, maior número para o mês em 10 anos