Giro do Vale / Anta Gorda / Polícia

Corpo de Jacir Potrich pode ter sido carbonizado

A informação ganha peso, tendo em vista a vegetação queimada nos fundos da casa do suspeito

Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil trabalha forte com possibilidade de que o corpo do gerente do Sicredi, desaparecido em Anta Gorda desde 13 de novembro de 2018, tenha sido carbonizado. A informação ganha peso, tendo em vista a vegetação queimada nos fundos da casa do suspeito, que mora no mesmo condomínio de Jacir Potrich. As informações são do portal Eco Regional.

O material apurado pela equipe de investigação também mostra interceptações telefônicas entre o suspeito do crime e o pintor, que trabalhava na sua casa e acompanhou os policiais em diligências no condomínio. Eles falam sobre o local onde teria sido feito fogo e que os cães farejadores insistiram em se aproximar.

Eco Regional

Comentários

  1. Marilene disse:

    Ta.na hora de aparesce o os restos mortais

  2. Anônimo disse:

    Que a verdade aparesa e que os o fizeram se esclaresam Errar é humano mas redimir-se é Divino. Estamos no mundo para aprender > O mais dificil é reconhecer… Se a gente rezar o mal vai desaparecer > Só precisamos crer

Publicidade

Últimas Notícias

Tricolor venceu o co-irmão nos pênaltis, por 3 a 2 depois de muita tensão e nervosismo

Chuva isolada pode atingir alguns pontos do Estado

O documento chegou nesta terça-feira, dia 16, ao TJ e aguarda decisão.

Plano foi visto como uma “cortina de fumaça”