Giro do Vale / Estrela / Geral

Sine de Estrela faz mudança para junto do Poupa Tempo do município

Escritório local funcionará em ponto que já concentra outros serviços de apoio ao trabalhador e cidadão

Novo local inicia atendimento já na segunda-feira, dia 4
Foto: André Silva / Prefeitura de Estrela / Divulgação

O local que receberá a estrutura do Sistema Nacional de Emprego (Sine) / Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) em Estrela já recebe as adequações necessárias. Uma alternativa para evitar que o escritório local do importante meio de amparo ao trabalhador fechasse foi encontrado antes do tempo previsto pelo Governo Municipal, que liderou as negociações mesmo sem ter responsabilidades sobre a instituição nacional / estadual.

A unidade irá, a partir da segunda-feira, dia 4, funcionar na Prefeitura Municipal, junto aos demais serviços do Poupa Tempo, cuja entrada se dá pela Rua 13 de Maio, nº 261, em sala frente a uma das antigas sedes do Sine.

Com o atraso de alguns meses no repasse da verba destinada ao pagamento do aluguel da atual sala do Sine Estrela por parte do Ministério do Trabalho, que também ficava na Rua 13 de Maio, a unidade local, responsável por mais de 5 mil atendimentos em 2018, estava ameaçada de fechar. Agora, o município cederá gratuitamente o espaço público à unidade, e a Fundação Gaúcha seguirá responsável por arcar com as despesas dos três servidores que realizam os diversos serviços, entre eles o encaminhamento do Seguro-desemprego e da Carteira de Trabalho e Previdência Social, como também na intermediação entre empresas e trabalhadores na demanda da mão de obra disponível.

O acerto da proposta encaminhado pela Administração Municipal foi fechado na última terça-feira , dia 29, em Porto Alegre, em reunião que contou com as presenças do prefeito Rafael Mallmann, os secretários municipais Henrique Lagemann e José Itamar Alves; e os diretores do Sine e FGTAS, Rogério Grade, Darci Cunha e Diego Cettolin.

A alternativa encontrada foi considerada a mais viável no momento. Outra que chegou a ser analisada era a de levar a unidade do Sine para a sala onde funcionava o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipergs/IPE), na Rua Marechal Floriano, que é um espaço de domínio estadual, e reabrir este na sede da prefeitura com a cedência de um servidor para o atendimento ao público. Uma alternativa ao escritório do IPE local, fechado desde 2015, segue sendo estudada.

AI

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

São José dos Ausentes deve registrar -1ºC nas primeiras horas desta segunda-feira

Caminhão estava estacionado no acostamento da rodovia

Aspirantes venceram o Estudiantes de virada por 2 a 1, enquanto titulares ficaram no 0 a 0 com o Flor de Maio

Um dos motociclistas ficou gravemente ferido e foi socorrido pelo SAMU