Giro do Vale / Geral / País

Marco Aurélio Mello nega habeas corpus a Moreira Franco

Ministro do STF disse que pedido queimava etapas no processo judicial, pois defesa não recorreu à segunda instância

Foto: Divulgação

O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello negou no final da tarde desta sexta-feira o pedido de habeas corpus do ex-ministro do governo Temer e ex-governador do Rio de Janeiro, Wellington Moreira Franco. Com a resposta negativa à solicitação, o político continua em prisão preventiva no Rio de Janeiro. Na decisão, o magistrado considerou não poderia analisar a solicitação, pois entendia que houve queima de etapas no processo judicial, uma vez que a equipe de defesa não recorreu à segunda instância e procurou diretamente o STF. O emedebista foi detido na quinta-feira em um desdobramento da Operação Lava Jato que também prendeu o ex-presidente da República Michel Temer.

O argumento dos advogados era de a ação na qual sua prisão foi decretada afronta a decisão do próprio Supremo, que, na semana passada, decidiu que é competência da Justiça Eleitoral julgar crimes como corrupção quando há conexão com delito eleitoral.

Segundo a defesa, os fatos levantados no decreto de prisão apontam manifesta conexão com crimes eleitorais. De acordo com o MPF, Moreira Franco monitorava as supostas propinas da organização criminosa que seria liderada pelo ex-presidente Michel Temer, também preso ontem.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Nos sete meses deste ano foram criados 461.411 postos de trabalho

Ao chegar no estabelecimento, o policiamento constatou que o suspeito tinha um mandado de prisão em aberto

A casa foi arrombada entre a noite da última quinta e a manhã desta sexta-feira

Homem é encontrado morto em um dos quartos