Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Saúde

Mais conscientização na busca pelo atendimento do Plantão 24 Horas

Serviço que surgiu para suprir urgências e emergências hoje é procurado até mesmo por pessoas em busca de atestado por falta ao serviço

Plantão 24 Horas do HCSA atendeu em média 1.382 pacientes ao mês em 2018, média que já aumentou este ano. (Foto: Juliano Beppler)

Uma preocupação vem tomando tempo da direção do Hospital de Caridade Sant’Ana (HCSA) nos últimos dias. Recentemente tem se notado um aumento no número de pessoas que buscam consultas médicas no Plantão 24 Horas da casa de saúde, o problema maior é o fato de muitas dessas consultas não serem de urgência ou emergência o que acaba em algumas oportunidades, prejudicando quem está com um problema mais grave e precisa de atendimento de forma mais rápida.

A direção do hospital explica que quando surgiu a ideia desse convênio de Plantão 24h, sua implantação ocorreu, com especificação no contrato, de que as consultas seriam para urgência e emergência. Porém com o tempo passou e o que se vê hoje em dia, são até mesmo pessoas buscando a consulta para justificar ausência no trabalho.

Já houve casos em que estava lotada a sala de esperas do hospital, e no Posto de Saúde ainda haviam fichas disponíveis para consultas, segundo a diretora da casa de saúde.

Além da sobrecarga da equipe de trabalho, quem sofre também é aquele paciente que muitas vezes tem necessidade de atendimento mais rápido, por ter uma urgência que não é visível, mas precisa esperar na fila pelo atendimento de outras pessoas que estão na frente para consultar por algo que não tem necessidade de ser tão rápido.

“Não temos como mandar ninguém embora para voltar outra hora, mas preciso que a população se conscientize mais, para que a cada dia possamos dar um serviço de mais qualidade”, afirma Simone.

A diretora ressalta que para problemas de doenças crônicas, que exigem um tratamento, como dor na coluna, diabetes, varizes, entre outras desse tipo, não são casos para o plantão. “Somente em momentos de crise desse tipo de doença o paciente deve procurar o atendimento do plantão, e não para renovar receita”, exemplifica.

Além do Plantão Médico 24 horas o hospital também atende o serviço ambulatorial com a mesma equipe de colaboradores do HCSA, o que acaba aumentando ainda mais a demanda com curativos, aplicação de injeção, verificação de pressão, passagem de sonda, entre outros atendimentos.

Consultas na UBS

O município conta hoje com duas Unidades Básicas de Saúde, uma no Centro e outra no Bairro São Francisco. Nos dois locais há consultas médicas a disposição da comunidade, com os cinco médicos que atuam. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, são disponibilizadas mensalmente 1.620 fichas para atendimento, sendo 405 consultas mensais nas Unidades e também a domicílio em alguns casos.

No último ano o HCSA teve em média 1.382 consultas ao mês, número que tem aumentado em 2019 segundo a direção da instituição.

Giro do Vale

Comentários

  1. Anônimo disse:

    Que as empresas tenha seus próprios médico que atende na empresa! Isso irá ajudar muito a diminuir as filas nos postos de saúde plano 24h .

  2. Cristina Costa disse:

    Quando falamos em saúde, não estamos apenas tratando do atendimento hospitalar médico ou de quando a pessoa precisa ir ao posto de saúde ou centro especializado ou hospital para atendimento. Saúde é bem mais que isso. Sendo a saúde pública um direito social e um dever do Estado caso realmente os recursos destinados para tratar as doenças, realizar a prevenção, bem – estar , físico , mental e social fossem integralmente aplicados e fiscalizados a qualidade de vida da população seria outra.

  3. Anônimo disse:

    Ou seja , inúmeros são as responsabilidades de quem tem o dever , a obrigação de proteger a sociedade, a população. Ninguém suporta mais promessas e promessas . Exigem e merecemos o mínimo de respeito e dignidade.

  4. Anônimo disse:

    A Saúde Pública e o drama dos pacientes que dependem de cirurgia no SUS

    É a triste realidade da saúde pública na maioria dos municípios. Infelizmente, a saúde das pessoas não é prioridade dos governantes. Boa parte disso é fruto da corrupção que joga bilhões de reais pelo ralo, ou melhor, para o bolso de gente inescrupulosa.

  5. Anônimo disse:

    Um verdadeiro descaso com a população que depende do SUS para qualquer tipo de serviço, pois se investem pouco em saúde no nosso país e isso afeta quem mais precisa e que pouco recursos tem.

  6. Anônimo disse:

    A tendência é so piora. Qué morrer vem pro hospital de bom retiro do sul

  7. Anônimo disse:

    Voces acham que se essas pessoas tivessem condições de ter uma unimed estariam ali

Publicidade

Últimas Notícias

Uma das candidatas entrou com recurso, e nova contagem de votos acontecerá no dia 23 de outubro

Três veículos se envolveram na ocorrência na parte estadualizada da BR-386

Postos de saúde oferecerão doses da vacina até às 15h

Segundo o banco, 40% dos 96 milhões de brasileiros com direito ao saque já receberam os valores