Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Polícia

Ossada encontrada em Bom Retiro do Sul segue sem identificação

Restos mortais estão há 20 dias no DML após serem encontrados em um terreno no bairro Imigrante

Foto: Alef César Nunes / Divulgação

Uma ossada localizada há 20 dias em Bom Retiro do Sul ainda não foi identificada. Os restos mortais estavam jogados dentro de um saco, em um matagal de um terreno que fica ao lado de uma trilha que liga a Rua Walter José Chagas, no bairro Imigrante, a Rua Senador Pinheiro Machado, no Centro Cidade Baixa.

De acordo com os profissionais do Departamento Médico-Legal (DML) de Lajeado, desde então, a ossada está na repartição aguardando a possibilidade de identificação. Para que isso seja possível, é necessário que compareça algum possível familiar para que seja feito o confronto genético.

Conforme apurado pelo departamento, a ossada pertence a uma pessoa do sexo masculino que tinha entre 18 e 22 anos, cabelo castanho escuro e dentição completa, em boas condições. Ainda, que a morte tenha ocorrido há cerca de um ano.

Caso não compareça ninguém reclamando o corpo, os restos mortais deverem ser sepultados em Bom Retiro do Sul com pessoa não identificada.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Segundo as investigações, 14 crianças e adolescentes foram vítimas do homem entre os anos de 2009 e 2014

Guarnições da Brigada Militar fizeram um cerco em local conhecido pela venda de substâncias ilícitas

Amanhecer será nublado, mas sol aparece ao longo do dia

Presos haviam cometido o crime em Lajeado e estavam se deslocando pela BR-386, quando foram abordados pela BM