Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio e Juventude empatam em 0 a 0 pela Copa do Brasil

Tricolor dominou as ações ofensivas, mas não conseguiu transformar em gols

Foto: Arthur Dallegrave / Juventude / Divulgação

Grêmio e Juventude empataram, em 0 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Com isso, o vencedor da partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil classifica para a próxima fase. O Tricolor pressionou a equipe da Serra, mas voltou a apresentar dificuldades para marcar gols.

O Grêmio criou oportunidade, mas, na maioria, com chutes de fora da área. Já o Juventude chegou poucas vezes e não levou muita dificuldade para Paulo Victor. 

Os comandados de Renato Portaluppi voltam aos gramados no sábado, às 19h, para enfrentar o Atlético-MG, na Arena, em Porto Alegre. Já a equipe de Caxias do Sul, no mesmo dia, mas às 18h, pega o São José, em Porto Alegre, pela quinta rodada da Série C. Pela Copa do Brasil, as duas equipes gaúchas voltam a se enfrentar na quarta-feira que vem, na Capital. 

Tricolor domina as ações, mas finaliza pouco

O Grêmio dominou as ações ofensivas no primeiro tempo, utilizando principalmente a lateral esquerda para tentar furar o bloqueio defensivo do Juventude. Porém, foram os donos da casa que criaram a primeira oportunidade a nove minutos. Após cruzamento de Aprille da esquerda, Denner bateu mascado e a bola ficou para Paulo Victor.

Mesmo controlando a partida e com maior posse de bola durante todo o primeiro tempo, o Tricolor só foi levar perigo aos 31. Maicon lançou Jean Pyerre, que bateu forte, mas a bola passou próximo ao travessão do goleiro Marcelo Carné. Seis minutos depois, Everton arriscou da meia lua, o chute saiu rasteiro e o arqueiro do Juventude espalmou pela linha de fundo. No lance seguinte, Leo Moura cruzou, André cabeceou para cima e para trás. Capixaba entrava na área pela esquerda de ataque e cabeceou, só que a bola passou próximo ao travessão de Carné. A equipe local conseguiu conter o Grêmio, mas criou pouco.

Sem chances claras de gol no segundo tempo

O Tricolor voltou na segunda etapa pressionando o Juventude e, até os 10 minutos, finalizou três vezes. A mais perigosa ocorreu aos oito, quando Jean Pyerre tentou o gol olímpico e Carné espalmou pela linha de fundo.

O Grêmio seguiu com maior posse de bola até os 30 minutos, criou jogadas ofensivas, mas tinha dificuldades nas conclusões, que na maioria foram de longa distância. A partir deste momento, o Juventude cresceu, mas também sem ter finalizações. Renato retirou Jean Pyerre para a entrada de Thaciano, Alisson para colocar Pepê e André para dar mais uma oportunidade para Vizeu. Entretanto, as mudanças não surtiram efeito e o Tricolor não conseguiu abrir o placar.

Copa do Brasil – oitavas de final
Juventude 0
Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Sidimar e Eltinho; João Paulo, Aprille, Denner, John Lennon (Dalberto) e Bruno Alves (Breno); Braian Rodríguez (Paulo Sérgio). Técnico: Marquinhos Santos.

Grêmio 0
Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Michel e Juninho Capixaba; Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Thaciano) e Everton; André (Vizeu).
Técnico: Renato Portaluppi.

Gols: –
Cartões amarelos: João Paulo e Paulo Sérgio (J) e Everton e Alisson (G)
Cartões vermelhos: –

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Segunda-feira deve ter marcas amenas e precipitação em ao menos parte do dia

Marrony marcou o único gol da partida na vitória de 1 a 0

Criminosos roubaram uma caminhonete e uma motocicleta