Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio é envolvido pelo Flamengo e perde por 3 a 1 no Maracanã

Tricolor até conseguiu igualar placar com reservas no primeiro tempo, mas foi superado no segundo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Os reservas do Grêmio esboçaram pouca resistência e acabaram superados por 3 a 1 pelo Flamengo, neste sábado no Maracanã. A equipe carioca teve o controle da partida a maior parte do tempo, ainda sofreu um susto com o empate tricolor num pênalti anotado pelo VAR, mas voltou à vantagem no segundo tempo para comemorar os três pontos conquistados na 14ª rodada.

Com o resultado, os comandados de Renato Portaluppi permanecem no 13º lugar com 17 pontos, podendo ainda serem ultrapassados no decorrer da rodada. O Flamengo é o terceiro e encosta no Santos, com 27 pontos, cinco a menos que o líder. O Tricolor volta a jogar pelo Brasileiro no próximo sábado, contra o Palmeiras na Arena. Antes, contudo, encara o Athletico-PR pela Copa do Brasil, igualmente em Porto Alegre.

Empate e esperança antes do intervalo

O Grêmio começou desorganizado e foi envolvido pelo Flamengo, apesar das poucas chances efetivas para os donos da casa. Tanto que a primeira conclusão veio apenas aos 14 minutos. Arrascaeta tentou o chute de longe, com espaço aberto e isolou sobre a meta.

A resposta gremista teve boa combinação de Luan para Pepê. O atacante invadiu a área e tentou cruzar para Alisson, mas Rafinha se jogou na frente da bola para afastar. O novo reforço tricolor, Luciano, teve em seguida sua única oportunidade da etapa. Luan bateu escanteio com perigo, a bola ficou viva na área e Luciano tentou encobrir Diego Alves no rebote. O goleirão pegou firme.

O Flamengo, enquanto isso, tinha mais posse de bola e, gradualmente, assumiu o comando do jogo. Aos 28, sob forte pressão, a zaga gremista falhou e Arrascaeta achou espaço para dar de casquinha na marca penal. Willian Arão apanhou de primeira e fulminou um golaço para o 1 a 0.

Só que o Tricolor conseguiu se remobilizar para buscar o gol de empate antes do intervalo. Em cobrança de falta aos 45 minutos, David Braz teve a camisa puxada. Inicialmente, o árbitro deixou seguir, porém o VAR foi acionado pouco depois, confirmando o pênalti. Galhardo bateu firme no canto direito e confirmou o 1 a 1 antes da virada.

Tricolor é dominado

A igualdade no placar não foi além da arrancada do segundo tempo, porém. Aos quatro minutos, Bruno Henrique bateu da quina da área e a bola explodiu na trave esquerda. Sobrou para Arrascaeta, que marcado por Léo Moura deu de biquinho. A bola foi rolando devagar, sem chances para o goleiro Julio César no 2 a 1. O Maracanã explodiu de novo. 

O Grêmio sentiu e o rubro-negro carioca passou a dominar as ações. Aos 10, Rafinha recebeu livre na direita e cruzou com qualidade. Arrascaeta ia chegar nela, mas Leo Moura conseguiu dividir com o atacante para evitar o gol. No lance seguinte, Gerson quase fez um golaço. Ele recebeu de Bruno Henrique, cortou para o meio e disparou a bomba. Resvalou lá onde a coruja dorme, no ângulo esquerdo.

Renato mandou Everton no lugar de Galhardo, com pouca efetividade para mudar a partida. Aos 31, Julio César ainda teve que fazer defesaça para o Flamengo não ampliar. Arrascaeta fez grande jogada e lançou Bruno Henrique. O uruguaio apareceu na área de novo para chutar e o goleiro gremista espalmou com estilo.

O Tricolor ainda esboçou uma chance de gol aos 37, a essas alturas com Patrick substituindo Luciano. Juninho Capixaba foi lançado por Luan atrás da zaga. Podia tocar em Patrick livre, mas cruzou sem olhar para a área. O goleiro ainda se atrapalhou, mas recuperou em dois tempos.

O castigo final veio já nos acréscimos. Everton, o do Flamengo recebeu na direita, cortou para o meio e tirou de dois marcadores. Enfiou o pé na bola e marcou um golaço no canto direito para fazer o 3 a 1.

Brasileirão – 14ª rodada

Flamengo 3

Diego Alves; Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Filipe Luís (Renê); Cuellar (Piris da Motta), Willian Arão, Gerson e Arrascaeta; Berrío (Everton Ribeiro) e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Grêmio 1

Julio César; Léo Moura, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Darlan, Thaciano, Rafael Galhardo (Everton), Luan (Da Silva) e Pepê; Luciano (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

Gols: Willian Arão (28min/1ºT), Arrascaeta (4min/2ºT) e Everton Ribeiro (46min/2ºT), para o Flamengo; Rafael Galhardo (50min/1ºT).

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC).
Cartões amarelos: Rafinha, Pablo Mari, Berrío e Cuellar (F); Thaciano e Juninho Capixaba (G).
Local: Maracanã, no Rio (RJ).

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Agentes perceberam os presos tentando resgatar objetos no telhado do banheiro localizado no pátio

Caminhão atingiu a traseira do carro durante a ação

Mínimas devem ficar perto de 0°C em algumas regiões do Estado

Condutor foi arremessado para fora de veículo, após perder o controle do carro e colidir em uma árvore