Giro do Vale / Anta Gorda / Destaque / Polícia

Justiça tranca ação contra dentista apontado pelo desaparecimento de Jacir Potrich

Até o momento, o corpo do gerente do Sicredi não foi encontrado

Potrich está desaparecido desde novembro de 2018. (Foto: Reprodução)

Desembargadores da 1ª Turma do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul decidiram pelo trancamento da ação contra o dentista, acusado pelo Ministério Público (MP) de matar e ocultar o cadáver do gerente do Sicredi de Anta Gorda, Jair Potrich.

A decisão atende pedido da defesa. Para o relator do habeas corpus, desembargador Honório Gonçalves da Silva Neto, não há elementos que levem a continuidade do processo. À decisão, cabe recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O promotor de Justiça de Encantado André Prediger disse que não foi notificado, mas garantiu que irá recorrer. Agora, a ação penal ficará parada até o julgamento de eventual recurso. Para Paulo Olímpio, advogado do réu, o tribunal esclareceu, com essa decisão, que não há qualquer envolvimento do acusado com o desaparecimento.

Potrich sumiu na noite de 13 de novembro de 2018, após uma pescaria. O dentista foi preso em 23 de janeiro em Capão da Canoa e acabou solto oito dias depois. Segundo o MP, o dentista aparece em vídeo mexendo em câmeras de segurança. Para a Promotoria, o réu teria matado a vítima dentro do quiosque no condomínio. Depois, teria escondido o corpo, que até hoje não foi encontrado.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

No primeiro enfrentamento entre as equipes bom-retirenses, o Largados levou a mehor

Equipe bom-retirense vai até Mato Leitão onde disputa última partida da fase classificatória

Acampamento Farroupilha e atrações culturais marcam atividades que vão até dia 22 de setembro

Quina foi marcada por 154 jogos que poderão sacar mais de R$ 47 mil