Giro do Vale / Geral

Empresário some e deixa cerca de 100 funcionários sem pagamento

Funcionários estão recorrendo à Justiça após empresa fechar as portas sem que recebessem nenhuma satisfação

Foto: Divulgação

Cerca de 100 funcionários da empresa Teuto-Seg Segurança LTDA, com sede no bairro Languiru em Teutônia, foram pegos de surpresa no início desta semana. A empresa que prestava serviços terceirizados de segurança e limpeza para 20 empresas da região, fechou suas portas repentinamente, pegando seus colaboradores de surpresa, e os deixando sem pagamento.

Durante a segunda-feira, dia 9, e esta terça-feira, dia 10, os funcionários começaram a receber mensagens pelo WhatsApp, onde receberam informação de que o proprietário da Teuto-Seg havia fechado as portas da empresa e ido embora sem dar satisfação e sem pagar os salários do mês de agosto.

Na tarde desta terça-feira, dia 10 um grupo de colaboradores se reuniu em um escritório de advocacia no Centro de Estrela para receber orientações de como proceder com a situação.

O proprietário não foi localizado para comentar o assunto que agora deverá ser resolvido na esfera judicial

Comentários

  1. Anônimo disse:

    Estamos entrando em uma nova era onde os empregados estão perdendo seus direitos dia a dia enquanto o governo beneficia os grandes empresários.

  2. anonimo disse:

    enquanto muitos choram a perda de um salariozinho ,outros reclamam que não ta pra viver com um salariao de miséria de vinte quadro mil reais

  3. anonimo disse:

    o Brasil é uma vergonha..os grandes e o trafico mandam

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

No primeiro enfrentamento entre as equipes bom-retirenses, o Largados levou a mehor

Equipe bom-retirense vai até Mato Leitão onde disputa última partida da fase classificatória

Acampamento Farroupilha e atrações culturais marcam atividades que vão até dia 22 de setembro

Quina foi marcada por 154 jogos que poderão sacar mais de R$ 47 mil