Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio produz pouco e fica no 0 a 0 com o Corinthians na Arena

O Grêmio volta aos gramados na quarta-feira, às 21h, para enfrentar o Ceará, no estádio Centenário, em Caxias do Sul

Foto – Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Grêmio e Corinthians ficaram em 0 a 0 em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro disputado na noite deste sábado na Arena. No primeiro tempo, o Tricolor comandou as ações ofensivas, mas a equipe de Renato Portaluppi criou poucas chances claras de gol. No segundo tempo, os paulistas cresceram, tiveram uma oportunidade de gol, mas pararam nas mãos de Paulo Victor.

Com o resultado, os comandados de Renato Portaluppi chegaram aos 35 pontos e ocupam a oitava colocação. Já o alvinegro fica com 42, na quarta colocação. O Grêmio volta aos gramados na quarta-feira, às 21h, para enfrentar o Ceará, no estádio Centenário, em Caxias do Sul, devido ao show da banda Iron Maiden. Já o Corinthians, na quinta-feira, às 19h15min, recebe o Athletico-PR, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Grêmio pressiona, mas não consegue abrir o placar

A partida começou com as duas equipes tomando cuidados defensivos e estudando o adversário, mas, rapidamente, o Corinthians tentou pressionar o Grêmio. Aos 10 minutos, a partida era de alta velocidade, muita marcação e bastante ofensiva, mas sem chances claras de gol. Cinco minutos depois, segundo números do Footstatas, o Tricolor tinha 64% de posse de bola e cinco chutes contra 36% de posse e três arremates errados dos paulistas.

Com Maicon, Matheus Henrique, Alisson e Luan, o Grêmio passou a comandar as ações ofensivas, mas seguia sem conseguir furar o forte bloqueio defensivo armado por Fábio Carille. A primeira oportunidade clara de gol ocorreu aos 32 minutos.Everton cruzou rasteiro da esquerda de ataque, Cássio espalmou, André pegou o rebote e tentou passar para o meio da área, mas Danilo Avelar se antecipou a Luan e afastou o perigo.

Cinco depois, Everton tentou lançar Matheus Henrique dentro da área e a bola bateu no braço de Sornoza. O árbitro Bruno Arleu de Araújo entendeu como jogada normal e mandou seguir, mesmo com muita reclamação dos jogadores do Grêmio.

Com as defesas levando vantagem sobre os ataques, os dois times usavam as laterais para chegar na área adversária e os contra-ataques. O Grêmio terminou melhor com 66% da posse de bola, três chutes certos e seis errados.

Corinthians cresce, mas para nas mãos de Paulo Victor

Grêmio retornou para a segunda etapa com a mesma equipe e exercendo a mesma pressão sobre o Corinthians. O clube paulista passou a usar as laterais e a velocidade para chegar até a meta de Paulo Victor, entretanto, não conseguia furar o bloqueio gremista. Com a maior presença no campo ofensivo, o Tricolor passou contra-atacar e buscar os lançamentos da defesa para o ataque para tentar abrir o placar.

A partir dos 20 minutos, Paulo Victor fez duas defesas importantes e salvou o Grêmio. A primeira em uma cabeçada de Boselli e a segunda em um chute rasteiro de Fagner, que salvou com a ponta dos dedos. Três minutos depois, Renato retirou André e colocou Diego Tardelli. Aos 27, Everton chutou rente ao poste esquerdo de Cássio. Dois depois, foi a vez de Maicon deixar o gramado para a entrada de Thaciano. Aos 32, Léo Moura deixou o jogo para a entrada de Pepê.

As duas equipes seguiram tentando até o final do jogo, mas o Grêmio, claramente desgastado fisicamente, não conseguiu furar o bloqueio criado por Carille. O placar de 0 a 0 persistiu, com cada time somando um ponto na tabela de classificação. 

Brasileirão 2019 – 23ª rodada

Grêmio 0
Paulo Victor; Léo Moura (Pepê), David Braz, Kannemann e Cortez; Maicon (Thaciano), Matheus Henrique, Alisson, Luan e Everton; André (Diego Tardelli). Técnico: Renato Portaluppi

Corinthians 0
Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf, Sornoza, Mateus Vital (Janderson), Pedrinho e Clayson (Boselli); Vagner Love (Jadson). Técnico: Fábio Carille

Cartões amarelos: Everton (3º), Maicon e Matheus Henrique (G) & Cássio e Sornoza (C)

Público Total: 16.542

Renda: R$ 554.822,00

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ).
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Correa (Fifa/RJ) e Thiago Correa Farinha (Fifa/RJ).
Árbitro do VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ).
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Uma das candidatas entrou com recurso, e nova contagem de votos acontecerá no dia 23 de outubro

Três veículos se envolveram na ocorrência na parte estadualizada da BR-386

Postos de saúde oferecerão doses da vacina até às 15h

Segundo o banco, 40% dos 96 milhões de brasileiros com direito ao saque já receberam os valores