Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter vence o Avaí e entra no G6

Mesmo sem boa atuação, gols de Patrick e Sarrafiore garantiram o 2 a 0 em jogo no qual o Colorado teve um a mais desde o início do confronto

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter sofreu, mais uma vez. Não teve boa atuação na Ressacada, em Florianópolis, na noite desta quinta-feira. Mesmo com um jogador a mais em quase toda a partida, já que os catarinenses tiveram um jogador expulso logo aos 3 minutos, o Inter não apresentou bom futebol. Teve dificuldades especialmente no segundo tempo, mas venceu por 2 a 0 e ingressou no G6.

O Inter abriu o placar após pressão no primeiro tempo. Aos 21 minutos, Patrick fez 1 a 0. Na etapa final, mesmo com dificuldades, o Inter chegou ao segundo gol com Sarrafiore, que havia acabado de entrar.

Com o resultado, o Inter entra no G6 do Campeonato Brasileiro. Passa o rival Grêmio e pula para a 6ª posição, com 42 pontos. O próximo compromisso do Inter é diante do Vasco, no domingo, às 16h, no Beira-Rio, em jogo válido pela 27ª rodada do Brasileirão.

Expulsão cedo e gol no abafa

Desfalcado, o técnico Ricardo Colbachini começou com Bruno Silva no meio campo. Nas laterais, Heitor e Zeca começaram o jogo. Na defesa, sem a zaga titular, com a lesão de Moledo e a suspensão de Cuesta, iniciaram a partida Bruno Fuchs e Roberto. O principal reforço estava no ataque. Paolo Guerrero, de volta dos compromissos com a Seleção Peruana, iniciou a partida.

Logo aos 3 minutos, a missão do Inter começou a ficar mais tranquila. O volante Wesley, do Avaí, atingiu Bruno Silva em um pisão muito forte, por cima da bola. O árbitro Thiago Duarte Peixoto optou por consultar o VAR e, após ver o replay, aplicou cartão vermelho direto para o jogador da equipe catarinense.

Com um a mais, o Inter se atirou ao ataque. A primeira oportunidade veio aos 17 minutos. Heitor cruzou para Nico López, que cabeceou e obrigou Vladimir a trabalhar. Após a cobrança do escanteio, nova chance de Nico López. O uruguaio pegou o rebote e, de primeira, finalizou para nova boa defesa do goleiro da equipe catarinense.

A pressão logo se transformou em vantagem no placar. Aos 21 minutos, Vladimir voltou a fazer grande defesa em finalização de Bruno Silva. Na cobrança de escanteio, Roberto cabeceou, para mais uma boa intervenção do goleiro. No entanto, Patrick pegou o rebote e, dessa vez, ele pouco pôde fazer para evitar a abertura do placar.

Limitado tecnicamente e com o prejuízo da expulsão, o Avaí pouco pôde fazer, mesmo atrás no placar. Na etapa inicial, levou perigo apenas em duas oportunidades em sequência. Na primeira, Matheus Barbosa bateu de primeira para Lomba espalmar para escanteio. Na cobrança, Ricardo cabeceou e ela passou muito perto da segunda trave, à direita do goleiro colorado.

Antes do intervalo, o Inter seguiu pressionado. As principais tentativas foram pelo lado esquerdo, com lançamentos em profundidade para a esquerda, buscando Nico López. Apesar de duas boas chances, em ambas as oportunidades o uruguaio finalizou para fora, e o placar foi ao intervalo apenas em 1 a 0 a favor do Colorado.

Inter sofre, mas amplia no fim

Para a segunda etapa, o técnico Ricardo Colbachini promoveu uma alteração na equipe. Sacou o lateral esquerdo Zeca e colocou a campo D’Alessandro. Com o armador em campo, recuou Patrick, que estava mais aberto, para a função, dando mais liberdade ao argentino para tentar pensar o jogo.

Após o intervalo, houve uma inversão na postura das duas equipes. Foi o Avaí quem ficou mais com a bola, passando a pressionar o Inter, que recuou. Assim, a equipe catarinense começou a criar boas chances. A primeira, aos 8 minutos, com Lourenço, obrigou Lomba a fazer boa defesa. Depois, aos 11, foi a vez de Matheus Barbosa finalizar muito perto do gol.

Nos primeiros 15 minutos, os catarinenses foram bem superiores ao Inter, transformando Marcelo Lomba em uma das principais figuras do jogo. Em cobrança de escanteio, Richard Franco subiu mais que a zaga colorada e cabeceou forte, obrigando o goleiro colorado a fazer mais uma grande defesa.

Após o momento de instabilidade, o Colorado até ensaiou retomar o controle do jogo, com mais posse de bola. Voltou a ocupar o campo do Avaí, mas a postura ofensiva, ainda que com pressão, ocorreu sem organização.

Ainda assim, a definição do placar veio nos minutos finais. Aos 39, em lançamento em profundidade, a zaga do Avaí se atrapalhou. A bola sobrou para o argentino Sarrafiore, que havia acabado de entrar. Com categoria, ele encobriu o goleiro para fazer 2 a 0 e definir o placar, assegurando a vitória do Colorado em uma noite em que o resultado importou mais que a atuação.

Brasileirão 2019 – 26ª rodada

Avaí 0

Vladimir; Lourenço, Betão, Ricardo e Paulinho; Wesley, Richard Franco, Matheus Barbosa (Johnny Mosquera), Caio Paulista (Luan) e Igor Goularte; Vinicius Araújo. Técnico: Evandro Camillato

Inter 2

Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs, Roberto e Zeca (D’Alessandro); Bruno Silva, Edenílson, Patrick, Nico López e Guilherme Parede (Uendel); Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Colbachini

Gols: Patrick (21/1T) e Sarrafiore (39/2T)

Cartões amarelos: Bruno Fuchs, Zeca e Roberto (Inter) Richard Franco (Avaí)

Cartões vermelhos: Wesley (Avaí)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ao avistar a viatura da polícia, o indivíduo correu para dentro de uma casa abandonada, momento em que caiu, bateu a cabeça, e foi capturado

O fato ocorreu no km 350 da BR-386, em Estrela, nas imediações do Atacadão

Ao ver a polícia, o condutor entrou em uma via secundária e abandou o carro, mas acabou sendo localizado. Outro indivíduo conseguiu fugir

Um casal foi atropelado por um veículo Ford Focus de Vespasiano Correa, que seguia em direção ao município de Guaporé