Giro do Vale / Esporte

Grêmio domina as ações e vence Gre-Nal 422

Com gols de Geromel e Rômulo, Tricolor vence e fica muito perto do G4 do Brasileirão

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O clássico Gre-Nal 422, na Arena, foi marcado desde o início pela superioridade de uma das equipes. Melhor durante quase a totalidade da partida, o Grêmio construiu com merecimento a vitória pelo placar de 2 a 0 na noite deste domingo, na Arena, em jogo válido pela 30ª rodada do Brasileirão. No duelo, o goleiro Marcelo Lomba foi expulso no início do segundo tempo.

O Grêmio abriu o placar com Pedro Geromel, aos 33 minutos do primeiro tempo. De cabeça, marcou após cobrança de falta de Alisson. Aos 32 minutos da etapa final, Rômulo, de longe, fez 2 a 0, encobrindo Danilo Fernandes, que substituiu o expulso Lomba.

Com o resultado, o Grêmio chega a 50 pontos, na 5ª colocação, apenas 2 pontos atrás do São Paulo, primeira equipe no G4. Já o Inter estaciona nos 46 pontos, e caiu para 7ª colocação, devido à vitória do Athletico-PR. Na próxima rodada, o Grêmio recebe o CSA, na Arena, às 21h, na quinta-feira. Já o Inter joga no mesmo dia, mas mais cedo, às 19h30min, diante do Ceará, no estádio do Castelão, em Fortaleza.

Grêmio domina e Geromel marca na etapa inicial

Pelo lado dos mandantes, a surpresa de Renato Portaluppi ficou por conta da escalação de Galhardo como titular da lateral direita. Léo Moura, que iniciou o jogo contra o Vasco, começou no banco de reservas. Já o técnico Zé Ricardo optou por começar o jogo sem D’Alessandro, com o trio de meias formado por Parede, Neílton e Wellington Silva. Na lateral-esquerda, a volta de Uendel foi forçada pela lesão de Zeca, que para por três semanas.

O jogo começou movimentado, com o Grêmio propondo as ações ofensivas. Apesar de ficar menos com a bola, o Inter conseguiu escapar em contra-ataques em velocidade, o que deu dinâmica ao confronto de parte a parte. A primeira boa chance do Grêmio veio cedo, logo aos 4 minutos: após cobrança de escanteio pelo lado direito, Luciano venceu a defesa e cabeceou firme, para boa defesa de Marcelo Lomba, que espalmou para escanteio.

Após um início com contragolpes, o Grêmio passou a dominar o jogo. Superior, passou a ficar de vez com a bola, neutralizando as poucas tentativas de ações ofensivas em resposta do Inter. Especialmente pelo lado esquerdo, com Everton bem superior a Bruno no duelo individual, o Tricolor levava vantagem e criava as melhores chances, finalizando com perigo.

A melhor chance do Inter surgiu aos 27 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento vindo da direita, a defesa do Grêmio rebateu para o meio da área. De primeira, Wellington Silva finalizou de perna direita, forte. O chute levou certo perigo a Paulo Victor, que só observou a bola sair.

A superioridade do Grêmio se traduziu em gol aos 33 minutos da etapa inicial. Após falta pelo lado esquerdo de ataque, Alisson levantou com precisão a bola na marca do pênalti. O zagueiro Pedro Geromel fez boa movimentação e subiu mais que a defesa colorada para cabecear à direita, fora do alcance de Marcelo Lomba, para fazer 1 a 0 na Arena.

Os minutos finais foram movimentados. Na frente de Wellington Silva, Galhardo falhou e viu o jogador do Colorado avançar com a bola dominada até a grande área. Para sorte do lateral tricolor, a defesa afastou. Na sequência do lance, em contra-ataque rápido, Diego Tardelli avançou, limpou para a perna esquerda e finalizou. O chute encontrou a cabeça de Victor Cuesta, que evitou que o Grêmio levasse vantagem ainda maior para o intervalo.

Lomba é expulso e Grêmio amplia

Para a segunda etapa, o técnico Zé Ricardo optou por uma mudança de peça para tentar modificar o cenário, de superioridade do Grêmio. Na linha de três meias, sacou Neílton, que fez primeiro tempo apagado, e colocou em campo o argentino D’Alessandro. Mas foi o Grêmio quem voltou oferecendo muitos riscos ao adversário. Logo a 1 minuto da etapa final, Everton puxou contra-ataque pelo lado esquerdo. Já próximo da grande área, soltou para Diego Tardelli, que avançou quase até a linha de fundo. Ele cruzou forte para achar de novo Everton dentro da área. O atacante finalizou na trave direita de Marcelo Lomba, e quase ampliou.

Aos 6 minutos, o lance capital do confronto: em bola lançada em profundidade para o atacante Luciano, ele saiu na cara do gol e tentou driblar o goleiro do Inter, que chegou a tocar a bola para fora da área. Na sequência do lance, Marcelo Lomba atingiu sem bola o jogador do Tricolor, em um carrinho duro. Mesmo com o bandeira flagrando o impedimento, prevaleceu a agressão, e o árbitro expulsou o jogador, que demorou a deixar o campo, inconformado com a marcação.

Com um a menos, Zé Ricardo colocou o goleiro Danilo Fernandes no lugar do também sumido Guilherme Parede, que pouco produziu ofensivamente. Com um a mais, o Grêmio passou a ficar ainda mais com a bola, administrando a vantagem e tocando a bola no campo do Inter. Mesmo diminuindo o ritmo e com o Inter apresentando ligeira melhora após a entrada de D’Alessandro, o Grêmio continuava criando as melhores chances de ampliar. Aos 25, Matheus Henrique chutou do bico direito da grande área, obrigando Danilo a fazer grande defesa. No rebote, Tardelli chutou de primeira e ela desviou em Rodrigo Moledo. Por muito pouco, a bola não acabou dentro do gol.

Aos 32, Rômulo definiu a vitória Tricolor. Pepê fez o passe para o volante, que havia entrado no segundo tempo, no lugar de Maicon. De fora da área, ele chutou forte para encobrir Danilo Fernandes e fazer o segundo. Após o gol, restou ao Grêmio administrar a vitória e esperar o apito final para garantir o 2 a 0 no Clássico Gre-Nal 422.

Brasileirão 2019 – 30ª rodada

Grêmio 2

Paulo Victor; Galhardo (Leo Moura), Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Rômulo), Matheus Henrique, Alisson, Everton e Luciano (Pepê); Diego Tardelli. Técnico: Renato Portaluppi

Inter 0

Marcelo Lomba; Bruno (Patrick), Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Parede (Danilo Fernandes), Neilton (D’Alessandro) e Wellington Silva; Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Gols: Geromel (33/1T) e Rômulo (32/2T)

Cartões amarelos: Maicon (Grêmio); Edenílson (Inter)

Cartões vermelhos: Marcelo Lomba (Inter)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Abordagem aconteceu após policiais desconfiarem da atitude da dupla que estava em via pública

Grupo fará a gravação de seu primeiro clip durante a apresentação

Dentre os presos está um homem apontado como líder local de uma facção criminosa e sua companheira