Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter perde para o Goiás em noite de má atuação e falha de Lomba

Derrota por 2 a 1 complica a vida do Colorado na briga pela vaga direta à Libertadores do ano que vem

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Uma atuação ruim, com direito a falha do goleiro Marcelo Lomba, vaias e mais um resultado negativo. Sob muitos protestos da torcida, o Inter foi derrotado pelo Goiás pelo placar de 2 a 1 no Beira-Rio, e complicou a sua vida na briga por uma vaga direta à Libertadores do ano que vem.

O Goiás marcou um gol em cada tempo para vencer o Colorado. Na etapa inicial, Marcelo Lomba teve falha grave após chute de fora da área e Rafael Moura se aproveitou do lance para, no rebote, empurrar para as redes. No segundo tempo, em contra-ataque em velocidade, Michael fez belo gol para garantir a vitória esmeraldina. Guerrero descontou, mas não foi o suficiente para evitar a derrota.

Com o resultado, o Inter estacionou nos 51 pontos, e ainda viu o Goiás, 9º colocado, se aproximar, ao pular para 46 pontos e se credenciar na briga por uma vaga à Libertadores. O Colorado volta a campo no sábado, quando enfrenta o Botafogo, às 19h, no Engenhão, em jogo válido pela 36ª e antepenúltima rodada do Brasileirão.

Inter começa bem, mas sofre gol em falha de Lomba

O técnico Zé Ricardo tinha dois desfalques confirmados antes da partida. O lesionado atacante William Pottker e o suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante Rodrigo Lindoso. Para as vagas desses dois jogadores, o comandante optou por Bruno Silva e Nico López, respectivamente. Nonato e Guilherme Parede iniciaram no banco de reservas.

Foi o Inter quem começou dominando as ações do jogo. A primeira chance foi criada logo aos 3 minutos, em chute cruzado de Patrick. A pressão continuou e, aos 13 minutos, o Colorado criou duas chances em sequência. Primeiro, Nico López bateu do lado direito, do bico da grande área, obrigando Tadeu a fazer grande defesa. Na cobrança de escanteio, foi a vez de Cuesta finalizar quase do mesmo setor, na trave direita do goleiro do Goiás.

No entanto, o Goiás abriu o placar no minuto seguinte. E contou com falha grave de Marcelo Lomba no lance do gol. Rafael Vaz chutou de muito longe, e o goleiro colorado soltou a bola no ar. Ela bateu no travessão e até voltou para ele, mas não conseguiu fazer a defesa. Na dividida com Michael, ela sobrou nos pés de Rafael Moura, que empurrou para fazer 1 a 0 após confirmação do árbitro de vídeo.

Por muito pouco, a situação não ficou ainda mais delicada para o Inter aos 23 minutos. Após cobrança rápida de lateral, o Goiás encaixou contra-ataque pela esquerda, em lançamento para Leandro Barcia. Ele limpou a marcação e buscou Rafael Moura no meio da área. O atacante bateu, Lomba fez bela defesa e Michael marcou no rebote. No entanto, o VAR flagrou impedimento na origem da jogada e anulou o que seria o 2 a 0 para os visitantes.

O Inter sentiu o gol e o momento ruim, e teve dificuldades para jogar. O clima passou a ficar hostil, no Beira-Rio, com vaias dedicadas especialmente ao volante Bruno Silva, que fez primeiro tempo ruim, e o lateral Uendel. Ao mesmo tempo, o Colorado não conseguiu criar chances claras de gol até os acréscimos. A partir daí, brilhou a estrela do goleiro do Goiás, com quatro defesas difíceis nos minutos finais, que asseguraram o placar em 1 a 0 ao intervalo.  

Goiás amplia e Colorado escapa de goleada no segundo tempo

Para o segundo tempo, Zé Ricardo resolveu sacar Bruno Silva. O volante, que não fez boa partida, deu lugar a Nonato, com a tentativa de recuperar o meio campo, algo que não ocorreu no primeiro tempo.

No entanto, o Inter não voltou bem para o segundo tempo. Na retomada, foi o Goiás quem tomou a iniciativa do jogo e criou algumas das melhores chances no campo ofensivo adversário. Aos 12 minutos, nova troca: Sarrafiore foi a campo no lugar de Patrick, que deixou o gramado sob vaias da torcida colorada.

Aos 19 minutos, o Inter criou boa chance. Após cobrança de escanteio pela esquerda, a bola chegou até Nico López, que finalizou desequilibrado. Ela sobrou na entrada da pequena área para Rodrigo Moledo, que ficou em dúvida sobre a condição de jogo. Ele não tentou finalizar, mas ainda assim desviou levemente com a coxa. O goleiro Tadeu, no reflexo, fez a defesa.

O Goiás ampliou aos 28 minutos. Após cobrança de escanteio do Inter, o time esmeraldino encaixou contra-ataque em velocidade com Michael. O rápido atacante do Goiás invadiu o campo de defesa do Colorado e, a dribles, venceu a zaga e deixou Uendel no chão dentro da grande área. Diante de Marcelo Lomba, teve tranquilidade para deslocar o goleiro e fazer 2 a 0.

Logo depois, o Inter descontou e voltou a dar esperanças à torcida, que já começava a deixar o estádio. Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio pelo lado direito, Guerrero subiu mais alto que a zaga e, junto com Pedro Lucas, cabeceou para o fundo das redes, marcando o 2 a 1.

No fim da partida, o Inter até tentou ensaiar pressão. Apesar disso, esteve mais perto de sofrer o terceiro em nova falha de Marcelo Lomba. O goleiro foi salvo por Rodrigo Moledo, que tirou a bola quase de dentro do gol para evitar o terceiro. Apesar disso, não conseguiu evitar a derrota, e o Inter deixou o gramado do Beira-Rio sob muitas vaias da torcida.

Campeonato Brasileiro – 35ª rodada

Inter 1

Marcelo Lomba; Heitor, Moledo, Cuesta e Uendel; Bruno Silva (Nonato), Edenílson, D’Alessandro, Patrick (Sarrafiore) e Nico López; Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Goiás 2

Tadeu; Yago Rocha, Sanches, Rafael Vaz e Alan Ruschel; Yago Felipe, Léo Sena e Gilberto; Leandro Barcia, Michael e Rafael Moura. Técnico: Ney Franco

Gols: Rafael Moura (14/1T) e Michael (28/2T); Guerrero (32/2T)

Cartões amarelos: D’Alessandro (Inter); Alan Ruschel e Michael (Goiás)

Árbitro: Caio Max Vieira (RN)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Público: 21.302

Renda: R$ 465.110,00

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Encontro entre Eduardo Leite e representantes da Famurs também acena com apoio da Brigada Militar na fiscalização contra aglomerações

Estado recebeu 11 pedidos de reconsideração, mas somente dois foram aceitos

Decisão está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira

Eleitores que não comprovarem motivo da ausência no período determinado ficam com título irregular e deverão pagar multa