Giro do Vale / Destaque / Polícia / Pouso Novo

Filho mata pai, e afirma que o confundiu com um ladrão

Indivíduo atirou contra o próprio pai após achar que fosse um criminoso na propriedade da família, que já havia sido assaltada outras vezes

Foto: Divulgação

Um homem foi alvejado de forma acidental pelo filho e morreu, no início da madrugada da terça-feira, dia 10, em Pouso Novo, município da região alta do Vale do Taquari.

O suspeito estaria na casa cuidando da propriedade de seus pais, que estavam viajando. O local já teria sido assaltado em outra oportunidade. No início da madrugada, o jovem teria percebido uma movimentação estranha em um banheiro, pedindo quem era. Como não teria obtido resposta, imaginou ser um bandido. Ao abrir a porta, o rapaz disparou com um revólver calibre 38 e acabou atingindo o próprio pai, de 70 anos, que havia voltado de viagem. A vítima, que teria sido alvejada com um disparo, morreu no local.

A arma utilizada pelo jovem, de 26 anos, foi entregue ao policiamento. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. O corpo do idoso foi encaminhado para necropsia no Departamento Médico Legal (DML).

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Amanhecer será frio e irá anteceder tarde quente

Autor dos disparos disse que atirou porque viu a movimentação na frente de casa e pensou se tratar de criminosos

Eles alegaram que estavam levando o veículo de Barros Cassal para Bento Gonçalves

Soldados precisaram utilizar técnicas de rapel para tirar o homem da vala de quatro metros