Giro do Vale / Destaque / Polícia / Taquari

Três são presos em Taquari durante a Operação Fortaleza

Dentre os presos está um homem apontado como líder local de uma facção criminosa e sua companheira

Foto: Divulgação / BM

Dois homens e uma mulher foram presos em uma ação integrada da Polícia Civil e da Brigada Militar, desencadeada na noite desta quinta-feira, dia 5, em Taquari. O objetivo da Operação Fortaleza é o combate de crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Entre os presos, está um homem apontado como líder local de uma facção criminosa, e sua companheira. Contra ela, em razão de investigação realizada pela Polícia Civil, já havia mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário local.

Foram apreendidos: uma pistola calibre 380, dois simulacros de revólveres, um veículo com sinais de adulteração, cocaína, valores em espécie, celulares, dentre outros. Além disso, outras quatro garotas que trabalhavam na boate onde foram cumpridos parte dos mandados, foram detidas por posse de entorpecentes, sendo liberadas após a lavratura de Termo Circunstanciado.

Foto: Divulgação / BM

A ação contou com oito policiais civis das delegacias de Taquari, Tabaí e Canil do Denarc, e 18 policiais militares da BM de Taquari, Tabaí, Estrela e Lajeado sendo empregadas nove viaturas.

Foram cumpridos um mandado de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão em residências dos presos e na boate de propriedade da mulher. Os presos e o material apreendido foram apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Lajeado.

Grupo Independente

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Acidente ocorreu no trecho entre Arvorezinha e Soledade

Estado editou decreto que beneficia, em especial, motoristas com dívida do Dpvat do exercício de 2020 e evita que o automóvel seja guinchado

Veículo estava com placas clonadas, e havia sido levado durante roubo ocorrido em Porto Alegre

Maioria eram jovens e não usavam máscara, descumprindo decretos estadual e municipal