Giro do Vale / Destaque / Encantado / Polícia

Corpos encontrados carbonizados dentro de carro, podem ser de desaparecidos de Encantado

Parentes de uma das supostas vítimas já realizaram coleta de material genético para possível identificação

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Os dois corpos encontrados no porta-malas de um carro carbonizado na manhã do último sábado, dia 18, em São Leopoldo podem ser de dois homens que estavam desaparecidos na cidade de Encantado.

Segundo o delegado da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), Ivair Matos Santos, parentes de um dos desaparecidos já compareceram ao Instituto-Geral de Perícias (IGP) de Porto Alegre para fazer coleta de material genético para análise e comparação.

Nesta terça-feira, dia 21, agentes estiveram em Encantado para tentar localizar parentes do outro homem desaparecido. Conforme o delegado, o processo de identificação após a coleta do material de familiares deve levar, no mínimo 15 dias úteis. “Talvez seja até mais demorado, uma vez que os corpos estavam carbonizados e isso acabe dificultando o trabalho dos peritos”, pondera Santos.

De acordo com ele, o proprietário do automóvel Corolla com placas de Lajeado, onde os cadáveres foram localizados, já prestou depoimento à polícia. Ele confirmou ter emprestado o automóvel a um dos homens desaparecidos de Encantado. O veículo estava na Avenida Senador Salgado Filho, próximo ao Dique no bairro Rio dos Sinos. A Brigada Militar foi acionada por volta das 8h30 para verificar a ocorrência. Ao lado do Corolla foi apreendido um pequeno galão de combustível. O delegado conta que já possui algumas linhas de investigação, mas que não comentará, para não prejudicar o trabalho da polícia. Informações e detalhes que possam auxiliar na elucidação do crime podem ser repassadas pelo WhatsApp (51) 9 8590-0522.

Jornal VS

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Encontro entre Eduardo Leite e representantes da Famurs também acena com apoio da Brigada Militar na fiscalização contra aglomerações

Estado recebeu 11 pedidos de reconsideração, mas somente dois foram aceitos

Decisão está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira

Eleitores que não comprovarem motivo da ausência no período determinado ficam com título irregular e deverão pagar multa