Giro do Vale / Destaque / Encantado / Polícia

Corpos encontrados carbonizados dentro de carro, podem ser de desaparecidos de Encantado

Parentes de uma das supostas vítimas já realizaram coleta de material genético para possível identificação

Foto: Polícia Civil / Divulgação

Os dois corpos encontrados no porta-malas de um carro carbonizado na manhã do último sábado, dia 18, em São Leopoldo podem ser de dois homens que estavam desaparecidos na cidade de Encantado.

Segundo o delegado da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), Ivair Matos Santos, parentes de um dos desaparecidos já compareceram ao Instituto-Geral de Perícias (IGP) de Porto Alegre para fazer coleta de material genético para análise e comparação.

Nesta terça-feira, dia 21, agentes estiveram em Encantado para tentar localizar parentes do outro homem desaparecido. Conforme o delegado, o processo de identificação após a coleta do material de familiares deve levar, no mínimo 15 dias úteis. “Talvez seja até mais demorado, uma vez que os corpos estavam carbonizados e isso acabe dificultando o trabalho dos peritos”, pondera Santos.

De acordo com ele, o proprietário do automóvel Corolla com placas de Lajeado, onde os cadáveres foram localizados, já prestou depoimento à polícia. Ele confirmou ter emprestado o automóvel a um dos homens desaparecidos de Encantado. O veículo estava na Avenida Senador Salgado Filho, próximo ao Dique no bairro Rio dos Sinos. A Brigada Militar foi acionada por volta das 8h30 para verificar a ocorrência. Ao lado do Corolla foi apreendido um pequeno galão de combustível. O delegado conta que já possui algumas linhas de investigação, mas que não comentará, para não prejudicar o trabalho da polícia. Informações e detalhes que possam auxiliar na elucidação do crime podem ser repassadas pelo WhatsApp (51) 9 8590-0522.

Jornal VS

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

No Vale do Taquari a temperatura máxima pode chegar aos 32ºC

Brasil tem 132 casos suspeitos, mas número pode aumentar

Ministro Henrique Mandetta anunciou a modificação da data durante coletiva do governo de São Paulo

Operação da Draco contou com a apreensão de 11 buchas de cocaína, R$ 470 em dinheiro, celulares e uma balança de precisão