Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter vence o Novo Hamburgo e garante vantagem na semifinal no Gauchão

Debaixo de chuva, reservas do Colorado fizeram 2 a 0 no estádio Beira-Rio

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

Em uma tarde que virou noite por conta do temporal que chegou a Porto Alegre, o Inter venceu o Novo Hamburgo no Beira-Rio e confirmou o primeiro lugar no grupo A do Campeonato Gaúcho. A posição garante o jogo da próxima fase no estádio Beira-Rio. Sob forte chuva, o lateral Heitor e o atacante Marcos Guilherme marcaram os gols na vitória por 2 a 0 – foram os primeiros deles com a camisa do Colorado.

Como já estava com a vaga garantida para as semifinais do torneio, o técnico Eduardo Coudet escalou uma equipe alternativa, de olho na partida de volta da pré-Libertadores contra a Universidad de Chile. Sem nenhum gol marcado na competição, o time da região metropolitana levou pouco perigo a Marcelo Lomba, que foi pouco testado. Mas  conseguiu um gol anulado pela arbitragem por impedimento. Bem armado na defesa e com imposição física, dificultou o trabalho ofensivo do Colorado, que demorou a conseguir encontrar espaços. Quando achou, sobraram oportunidades. Sarrafiore carimbou a trave duas vezes e desperdiçou outra de dentro da área antes de Heitor abrir o marcador. 

No segundo tempo, o gramado dificultou o desenvolvimento da partida. Com o gramado pesado por conta da água e a dificuldade de fazer a bola rodar, as equipes tiveram que mudar a estratégia e passaram a apostar nos cruzamentos aéreos. E foi de uma dividida por cima que saiu o segundo gol do Inter. Na sobra, Marcos Guilherme chutou de fora da área para definir o placar.

Primeiro tempo

O Colorado entrou em campo no esquema 4-1-3-2, com Boschilia pela esquerda, Nonato centralizado e Marcos Guilherme pela direita, no trio de meias. O torcedor que foi ao Beira-Rio assistiu a um início de jogo truncado, com muitas faltas na intermediária. Compactos, os visitantes não davam espaço no meio campo, com mais força física do que disciplina.

Aos poucos, o time da capital começou a ganhar forma e as marcas do estilo do treinador começaram a aparecer: um time que busca marcar na frente, adiantando suas linhas para buscar espaços. No individual, Heitor e Uendel levavam a melhor pelas laterais, mas a zaga conseguiu afastava de cabeça.

Aos 12 minutos, Boschilia, mais participativo e entrosado após a estreia na última rodada, arriscou de fora da área, mas a bola desviou e saiu pela linha de fundo. Sem poderio ofensivo, o Novo Hamburgo assistia aos mandantes trocarem passes na intermediária e foi discreto quando conseguia chegar ao ataque. Em sua melhor chance, aos 24, Mossoró aproveitou erro de saída de bola de Marcelo Lomba e deu uma janelinha em Pedro Henrique. Mas o jovem se recuperou fez o desarme antes que o adversário pudesse finalizar.

Dobradinha na trave e o primeiro gol de Heitor

Enquanto a chuva se intensificava na Capital, a maior qualidade do Colorado começa a se destacar. A primeira chance real de gol ocorreu aos aos 27, quando Sarrafiore recebeu de Marcos Guilherme na meia lua, dominou de peito e mandou em direção ao gol. A bola caprichosamente bate na trave. Quatro minutos depois, quase no mesmo lugar, o argentino acertou novamente a estrutura de sustentação da goleira. Desta vez, ele recebeu de Boschilia e chutou de esquerda – o goleiro Jacsson chegou a desviar antes. Aos 37, depois de um gol anulado do Novo Hamburgo por impedimento, o meia teve nova chance, de dentro da área, após receber de Galhardo, mas mandou direto pela linha de fundo. 

Se o gol não saía com ele, Heitor tratou de estufar a rede do Beira-Rio, que, aos 44 minutos, tinha todos os refletores acesos por conta do temporal. O lateral marcou pela primeira vez em 23 partidas no time profissional num chute de perna esquerda de fora da área, depois de receber de Boschilia.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o Inter voltou com uma mudança. Nonato, que ganhou nova chance entre os 11 iniciais, mas não mostrou bom desempenho, saiu para a entrada de Carlos Eduardo. Com a alteração, o time mudou posições no gramado para um 3-5-2.

Diferentemente do primeiro tempo, o Novo Hamburgo retornou mais ligado e com mais disposição. Logo aos 5 minutos, o time da região metropolitana teve boa chance em lançamento longo para Alison: Lomba teve que sair da área para afastar, mas fez a falta e receber amarelo. Na cobrança, a bola desviou na barreira e saiu pela linha de fundo.

O lance gerou reclamação do Noia, que pediu toque de mão. O Inter respondeu rápido, com Boschilia, que tentou surpreender de fora da área. Atento, o goleiro fez a defesa aos 10 minutos, mandando pela linha de fundo.

Para corrigir uma troca que não surtiu efeito e fez o time perder efetividade e criatividade no meio campo, Coudet sacou Sarrafiore e lançou Praxedes. Lindoso também entrou no lugar de Boschilia. Se os visitantes criaram mais chances na segunda etapa, o Inter aproveitou a que criou. Depois de dividida aérea de Galhardo e Windson, a bola sobrou para Marcos Guilherme, que viu o goleiro adiantado e chutou alto, de fora da área mesmo. A bola passou no entre os braços do arqueiro.

Agora, o Inter aguarda a definição neste domingo do segundo colocado do Grupo B para saber quem será o seu adversário na semifinal do Gauchão. A certeza é que a partida será no Beira-Rio.

Inter x Novo Hamburgo | Campeonato Gaúcho 2020

Inter: Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Pedro Henrique e Uendel; Johnny, Marcos Guilherme, Nonato (Carlos Eduardo) e Boschilia (Lindoso); Sarrafiore (Praxedes) e Thiago Galhardo.
Técnico: Eduardo Coudet

Novo Hamburgo: Jacsson; Chicão, Windson, Diego Ivo, Romano; Bertotto, Escobar (Itaqui), Mossoró (Thiago Lagoa) ; Juba, Felipe Lima (Moisés), e Alison
Técnico: Julinho Camargo.

Gol: Heitor (44’/1ºT), Marcos Guilherme (35’/2ºT)
Cartões Amarelos: Marcelo Lomba, Sarrafiore, Pedro Henrique, Marcos Guilherme (Inter); Romano, Juba, Itaqui (Novo Hamburgo)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Público: 8.812

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Crédito cairá na conta indicada na declaração do IR 2020

Base de cálculo para o exercício de 2021 vai ser publicada até 30 de novembro

Fim de semana pode ter muito granizo pelo Estado

Cartão vermelho de Leandro Fernández comprometeu atuação da equipe de Eduardo Coudet, que ficou no 0 a 0 na Colômbia