Giro do Vale / Geral

Lula se encontra com Papa Francisco para discutir desigualdade e política ambiental

Ex-presidente irá se encontrar com centrais sindicais em Roma

Foto: Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta quinta-feira, dia 13, com o Papa Francisco, no Vaticano, em uma audiência que serviu para os dois discutirem basicamente duas questões: a desigualdade e as políticas ambientais. Por cerca de uma hora, Lula e o argentino Jorge Mario Bergoglio falaram sobre as formas de fazer um mundo mais justo e fraterno. A viagem foi autorizada pela Justiça brasileira.

“Fiquei muito satisfeito com o encontro com o Papa Francisco. Se todos os seres humanos atingirem os 84 anos com a força, a disposição e a garra que ele tem para levantar temas instigantes para o debate, podemos encontrar soluções mais fáceis”, disse o ex-presidente em uma live no perfil oficial no Facebook.

Na coletiva, Lula também revelou que irá visitar três centrais sindicais italianas, que fizeram o convite para o ex-presidente ir até Roma. “Todo mundo sabe que o mundo está ficando mais desigual e que os trabalhadores estão perdendo direitos. Muitas das conquistas que tivemos no século XX estão sendo derrubadas pela ganância dos interesses empresariais e financeiros”, disse Lula, lembrando que as centrais da Itália eram um exemplo para ele durante a atividade sindical no Brasil.

Correio do Povo

Comentários

  1. Pinga fogo disse:

    São muitos caras de pau tomará gue ficão presos pôr lá

Publicidade

Últimas Notícias

São 3,5 milhões nascidos em novembro com direito ao depósito da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e da extra de R$ 300, além do grupo do Bolsa Família

Frente fria empurra massa de ar frio que deve provocar queda na temperatura no Estado

Com mudança de ponto facultativo, unidades não abrem na sexta-feira

Serão beneficiados 3,6 milhões nascidos em outubro, além do grupo do Bolsa Família, com final 8 do NIS, que recebe a parcela extra de R$ 300