Giro do Vale / Destaque / Estado / Geral

Confirmada primeira morte decorrente do coronavírus no Rio Grande do Sul

Vítima é uma idosa de 91 anos de Porto Alegre

A SMS (Secretaria Municipal da Saúde) de Porto Alegre confirmou, na madrugada desta quarta-feira, dia 25, a primeira morte por coronavírus no Rio Grande do Sul. A vítima, uma idosa de 91 anos, estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Moinhos de Vento, na Capital gaúcha.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior se manifestou no Twitter sobre a morte da idosa. “Lamentamos muito, esperamos que nossas medidas possam evitar que isso seja uma constante em nossa cidade”, escreveu. “Mas precisamos de todos. Isso não é uma questão, jurídica, ideológica. É uma questão fática e de saúde”, completou.

De acordo com os últimos dados divulgados pelo governo gaúcho, o número de casos confirmados de Covid-19 no Estado chegou a 112 nessa terça-feira, dia 24. Segundo a SES (Secretaria Estadual da Saúde), outros 204 pacientes apresentam suspeita de infecção.

No mais recente boletim epidemiológico estadual constam 47 pessoas com diagnóstico positivo para o coronavírus em Porto Alegre, mas a SMS notificou a existência de 81 confirmações na Capital até o momento.

Decretos

Em um cenário de desafios inéditos para Porto Alegre, a vida na cidade se reorganiza com o objetivo de desacelerar a transmissão do novo coronavírus. A publicação de 27 decretos assinados pelo prefeito Marchezan nos últimos oito dias tem por objetivo ampliar o distanciamento social, frear o contágio da doença e diluir a demanda pelas estruturas de saúde para salvar vidas.

Os decretos publicados tratam de áreas como transporte público coletivo, educação, comércio de rua e shoppings, agências bancárias, padarias e restaurantes, limpeza urbana, eventos, restrição de funcionamento de equipamentos culturais e áreas condominiais, entre outros.

As ações se intensificam à medida que a situação epidemiológica é atualizada.

Como se proteger

Em caso de sintomas, a avaliação de um profissional de saúde é o primeiro passo do atendimento. Ela pode ser feita em sua unidade de saúde, nas unidades de turno estendido ou pelo seu médico de confiança. Você será orientado quanto à necessidade ou não de isolamento domiciliar, coleta de exames e outros procedimentos. Hospitais e unidades de pronto-atendimento devem ser acessados apenas em caso de dificuldade severa para respirar.

O Sul

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo foi denunciado após realizar disparos em via pública na BR-38, próximo ao Restaurante Rosinha

País tem mais de 1,8 milhão de casos confirmados da doença

Estado deve ter geada nas regiões Central, Sul, Campanha e Serra entre segunda e quarta-feira

Chuva que caiu na Serra entra a última noite e madrugada deste domingo, dia 12, causou a elevação