Giro do Vale / Polícia

Polícia apreende armas, munições e drogas durante a Operação Marias na região

Três prisões também foram feitas

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Nesta quinta-feira, dia 5, foi deflagrada a Operação Marias em todo o território nacional – 19 unidades da federação -, a qual visa o combate à violência doméstica e contra a mulher. Em nossa região foram cumpridos diversos mandados pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Depois de ter cumprido um mando de prisão por descumprimento de medida protetiva na quarta-feira, dia 4, ontem foi cumprido mais um, contra um cidadão de Lajeado, que voltou a descumprir a ordem judicial. Ele já havia sido preso dias depois de depredar a fachada de um restaurante, no mês de janeiro, no Bairro São Cristóvão, onde a ex-companheira trabalha. Os dois presos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Lajeado.

Além disso, no Bairro Centenário, em Lajeado, os agentes prenderam um rapaz pelo crime de tráfico de drogas. Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão foram apreendidos 60 invólucros plásticos contendo cocaína. O jovem, de 21 anos, também foi recolhido ao sistema prisional.

Os policiais também fizeram a apreensão de armas e munição. Em Marques de Souza foi apreendida uma pistola calibre 380. Já em Progresso, foram localizadas dez armas de fogo, sendo oito longas e duas curtas e mais uma espingarda de pressão transformada para calibre 22. No mesmo local, no Centro da cidade, foi apreendida munição: 202 cartuchos de calibres diversos, sendo 32 deflagrados e 170 intactos. Além disso, também foi recolhido material utilizado para recarga de cartuchos – pólvora e chumbo. Nestes dois locais, ninguém foi preso. Todo o material apreendido foi levado até a sede da Draco, em Lajeado.

No Estado foram 56 presos e 32 armas apreendidas.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Acidente ocorreu no trecho entre Arvorezinha e Soledade

Estado editou decreto que beneficia, em especial, motoristas com dívida do Dpvat do exercício de 2020 e evita que o automóvel seja guinchado

Veículo estava com placas clonadas, e havia sido levado durante roubo ocorrido em Porto Alegre

Maioria eram jovens e não usavam máscara, descumprindo decretos estadual e municipal