Giro do Vale / Destaque / Polícia / Taquari

Polícia Civil prende suspeito de assassinar advogado de Taquari em 2018

Crime ocorreu em dezembro de 2018 quando o vice-presidente regional da OAB, Itomar Espindola Dória, foi morto com seis tiros em seu escritório

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, dia 20, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Capturas (DECAP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), prendeu o suspeito do homicídio do vice-presidente regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Taquari. A ação, decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva, ocorreu no bairro Canudos em Novo Hamburgo.

O crime ocorreu na tarde do dia 12 de dezembro de 2018, no escritório de advocacia da vítima. Na ocasião, Itomar Espindola Dória, 60 anos na época, foi atingido por seis disparos de arma de fogo.

Segundo o delegado Arthur Raldi, após cometimento do crime, o indivíduo teria fugido em um carro que havia sido roubado próximo ao trevo de acesso a Bom Retiro do Sul, que foi localizado incendiado posteriormente. “Na época do fato, o suspeito já se encontrava na condição de foragido há 9 meses, em virtude de condenação por roubo majorado”, contou o delegado.

Polícia Civil

Comentários

  1. waldemar disse:

    cual o nome do assanino????

Publicidade

Últimas Notícias

Indivíduo foi denunciado após realizar disparos em via pública na BR-38, próximo ao Restaurante Rosinha

País tem mais de 1,8 milhão de casos confirmados da doença

Estado deve ter geada nas regiões Central, Sul, Campanha e Serra entre segunda e quarta-feira

Chuva que caiu na Serra entra a última noite e madrugada deste domingo, dia 12, causou a elevação