Giro do Vale / Saúde

Vale do Taquari receberá aproximadamente R$ 1 milhão para combate ao coronavírus

Ao todo serão destinados 32,4 milhões para o RS, valor é repassado pelo Ministério da Saúde

Foto: Divulgação

Todos os 497 municípios gaúchos receberão uma parcela do valor que o Ministério da Saúde disponibilizou ao Estado para o enfrentamento da epidemia de coronavírus, do total de R$ 32,4 milhões. Conforme levantamento feito pela reportagem da Rádio Independente, para o Vale do Taquari serão repassados R$ 984.932,95, valor que será dividido entre os 36 municípios da região.

A maior parcela, de R$ 248.081,35 será destinada para Lajeado. O segundo município da lista é Estrela, com R$ 102.205,00. Depois, Teutônia com R$ 97.835,60, Taquari R$ com 81.219,30 e Encantado com R$ 68.519,00. A divisão dos recursos foi pactuada em Comissão Intergestora Bipartite (CIB), instância da Secretaria da Saúde para tomada de decisões em conjunto com gestores municipais.

Os valores são calculados em R$ 2,00 per capita para cada município, conforme estimativa populacional, com acréscimo de R$ 1,00 per capita considerando a população idosa e R$ 0,85 per capita da população total para as cidades que possuem Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou Pronto Atendimento (PA). Para ações de vigilância e assistência que abrangem todo o Estado, será repassado R$ 193,5 mil ao Fundo Estadual da Saúde.

Os recursos serão destinados a clínicas de triagem, exames e procedimentos ambulatoriais e hospitalares, aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs) e insumos e contratação de novos profissionais. Os valores serão repassados diretamente do Fundo Nacional de Saúde para os municípios.

A lista com valores para todos os municípios do RS pode ser conferida clicando aqui.

Grupo Independente

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Voo com 341 mil doses da Coronavac aterrissou por volta das 22h10min em Porto Alegre nesta segunda-feira, dia 18

Fato ocorreu no Km 249 da rodovia, em Soledade

No Vale do Taquari a máxima deve chegar aos 30ºC

Em função da pandemia, no ano passado motoristas puderam circular com documento vencido