Giro do Vale / Geral

Caixa já soma 32,2 milhões de cadastros finalizados para auxílio de R$ 600

Banco estatal afirma que 40,1% dos cadastrados optaram pela poupança digital da instituição para receber os recursos

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal finalizou o cadastro de 32,2 milhões de pessoas que pediram auxílio emergencial de R$ 600 concedido pelo governo a  federal durante a crise do novo coronavírus. 

O montante está disponível para trabalhadores informais, desempregados, microempreendedores individuais, intermitentes e toda população de baixa renda.

Dos pedidos encaminhados para a Caixa, 40,1% foram para recebimento por meio da poupança digital. A Caixa diz ainda ter recebido 272 milhões de visitas ao site e 150 milhões de SMS. A última atualização dos números é das 12h do sábado, dia 11.

Em um primeiro momento, os recursos depositados na poupança social da Caixa não poderão ser sacados uma vez que estarão disponíveis somente para transações digitais como transferências e pagamentos de contas, por exemplo. O governo ainda vai divulgar o calendário para a realização de saques.

A Caixa afirma ainda que está olhando “com lupa” para pedidos de pessoas que não têm direito ao auxílio. Este trabalho está sendo feito ainda pela Dataprev, empresa de tecnologia ligada ao Ministério da Economia, com apoio ainda do Banco do Brasil.

Tem direito ao benefício o cidadão maior de 18 anos que atenda a todos os seguintes requisitos:

  • Desempregado
  • Microempreendedor individual (MEI)
  • Contribuinte individual da Previdência Social
  • Trabalhador Informal
  • Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 salários mínimos (R$ 3.135, neste ano)
  • Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70

Não tem direito ao benefício quem:

  • Pertence a família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135) ou renda mensal por pessoa maior que meio salário mínimo (R$ 522,50)
  • Está recebendo seguro-desemprego
  • Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família
  • Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Sol predomina em todo o Estado, mas amanhecer será de muito frio em diversas regiões

Droga seria transportada até Novo Hamburgo

Denúncia feita pelo WhatsApp da BM levou a polícia até o endereço onde a mulher estava

Mãe de Rafael Mateus Winques, 11 anos, confessou ter matado o filho