Giro do Vale / Destaque / Estrela / Saúde

Estrela confirma segundo caso de Covid-19

A paciente é uma mulher de 59 anos que está internada no Hospital Estrela

Foto: Divulgação

Estrela teve a confirmação da segunda pessoa que testou positivo para Civid-19 no município. Trata-se de uma mulher de 59 anos que está internada no Hospital Estrela.

A primeira paciente do município a ter resultado positivo para o vírus, foi uma jovem de 20 anos que havia viajado para a Irlanda. Ela realizou o tratamento em isolamento domiciliar, e já é considerada curada.

No momento, a Secretaria da Saúde de Estrela monitora 167 pessoas. Já foram realizados 25 testes. Além dos dois positivos, outros 18 deram negativos, e cinco seguem aguardando o resultado.

Novos casos em Lajeado

No sábado também houve a confirmação de mais três mulheres que testaram positivo para o Covid-19, duas delas são profissionais da área da saúde. Com isso o município contabiliza o número de 16 infectados, porém desses, cinco já são considerados curados.

As duas profissionais da saúde que testaram positivo, tem 25 e 28 anos, e são companheiras de homens que trabalham na Companhia Minuano de Alimentos, empresa que já soma 12 colaboradores, ou pessoas com alguma ligação, infectadas com o vírus. A outra mulher que teve teste positivo, tem 28 anos, e também é companheira de um funcionário da mesma empresa.

Na Região

Até o momento, o Vale do Taquari contabiliza 32 pessoas que testaram positivo para o Covid-19. Nove pessoas já são consideradas curadas: cinco em Lajeado, duas em Anta Gorda, uma em Estrela e uma em Cruzeiro do Sul.

Seguem em tratamento, 11 pacientes em Lajeado, quatro em Taquari, quatro em Tabaí, dois em Encantado, um em Estrela, e um em Bom Retiro do Sul.

Giro do Vale

Comentários

  1. Anonimo disse:

    Que higiene tem esse povo tem Minuano ..fala sério..e é uma empresa de alimentação..ehxxx..fui..infestou tudo por aqui

Publicidade

Últimas Notícias

Decisão está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira

Eleitores que não comprovarem motivo da ausência no período determinado ficam com título irregular e deverão pagar multa

Tempo seco e quente das últimas semanas na região favoreceu aparecimento dos insetos

Material foi apreendido por agentes da Superintendência de Serviços Penitenciários