Giro do Vale / Política

Mandetta não aceita demissão de secretário: “Nós vamos sair juntos”

Wanderson de Oliveira havia pedido para deixar o Ministério da Saúde, porém segue no cargo após ministro negar a saída

Foto: Divulgação

O secretário de vigilância em saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, segue no cargo após ter seu pedido de demissão negado pelo ministro Luiz Henrique Mandetta. O anúncio foi feito pelo titular da pasta por volta das 17h desta quarta-feira, dia 15, durante coletiva de imprensa para atualizar dados sobre o coronavírus.

— Não aceito (a demissão), o Wanderson continua, acabou o assunto. Vamos trabalhar juntos até o momento de sairmos juntos do Ministério da Saúde — declarou Mandetta, acrescentando:

— Eu, Wanderson e Gabbardo entramos no ministério juntos, estamos juntos e sairemos juntos.

GaúchaZH

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Contaminação do produto pode provocar uma nova queda das exportações brasileiras

Técnico Eduardo Coudet deve escalar nesta quinta-feira o que tiver de melhor à disposição

Confira as explicações a algumas das principais dúvidas relacionadas ao novo cronograma de retomada das escolas

Estado registrou 68 novos óbitos apenas nas últimas 24 horas