Giro do Vale / Destaque / Polícia

Polícia Civil apreende 1,5 tonelada de maconha e R$ 600 mil em dinheiro

Operações ocorrem Nova Santa Rita, na Região Metropolitana, e em uma residência de Porto Alegre

Foto: Divulgação Polícia Civil

A Polícia Civil apreendeu nesta segunda-feira, dia 6, em duas ações, cerca de 1,5 tonelada de maconha em um depósito, em Nova Santa Rita, na Região Metropolitana, e em uma residência de Porto Alegre. A ação coordenada pelo delegado Fernando Siqueira, da 4ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico (4ªDIN), apreendeu mais de R$ 600 mil em espécie e seis carros, entre os quais um furgão Mercedes-Benz Sprinter e um Audi A4. Três homens e uma mulher foram presos.

O delegado Carlos Wendt, da Divisão de Investigações do Narcotráfico (Dinarc), explica que as investigações contra o grupo estavam em andamento há algum tempo e que as duas operações conjuntas foram resultado do serviço de inteligência da PC. “Fizemos a apreensão de 240 quilos da droga no bairro Cascata, uma vez que o carregamento seria entregue na Oscar Pereira”, destaca. Em Nova Santa Rita, os policiais encontraram uma casa que servia de depósito para armazenamento do produto e onde havia mais de 700 quilos da droga.

No local, a PC também encontrou mais de R$ 600 mil em espécie e automóveis. De acordo com Wendt, a operação – que contou com a participação de 12 policiais – começou à tarde e se estendeu até o começo da noite. “Eles tinham toda uma estrutura para entrega, com local que servia de depósito. Grupo bem organizado, com logística, que distribuía para toda a Região Metropolitana. O dinheiro recolhido era oriundo da venda de drogas”, afirma. Quem quiser denunciar pode usar o número 0800 518 518.

Foto: Divulgação Polícia Civil

Correio do Povo

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Estado pode recorrer e deve analisar decisão nesta quinta-feira

No Vale do Taquari a temperatura deve variar entre 19ºC e 28ºC

Vítima fata é um homem de 41 anos que dirigia um dos veículos de carga envolvido na colisão

Serão beneficiados 3,6 milhões nascidos em agosto e outros 1,6 milhão que fazem parte do Bolsa Família, com número final 3 do NIS