Giro do Vale / Geral

Após filas, Caixa atualiza app para reduzir tumulto por pagamento de auxílio de R$ 600

Além do movimento nas agências, houve dificuldade para acessar o Caixa Tem

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

As filas na Caixa Econômica Federal para obtenção do auxílio emergencial de R$ 600 concedido pelo governo federal não foram só nas agências. Na internet, o aplicativo Caixa Tem, usado para receber o benefício, criou filas digitais e longa espera para parte da população que tentou acessar o dinheiro sem sair de casa.

Criado em 2019 e aprimorado às pressas diante da pandemia, o serviço tem quase 82 milhões de downloads e teve forte sobrecarga com a corrida de desempregados e informais pelo auxílio.

Mais de 50 milhões de brasileiros devem receber a verba. No primeiro mês, o app não deu conta de atender os milhares de acessos simultâneos, e muitos cidadãos tiveram que recorrer às agências.

Na loja de aplicativos do Google, surgiram relatos sobre demora superior a uma semana para fazer operações no Caixa Tem, solicitações travando e problemas de conexão e de validação dos dados.

“O app trava muito e quase sempre não consegue completar as operações de transferência ou pagamento”, disse um usuário em 5 de maio. “Não consegui ter acesso por 10 dias seguidos”, disse outra.

Na espera virtual do Caixa Tem, o usuário precisava manter a tela ativa, sem poder acessar outras funções do celular, como o WhatsApp.

Após inúmeras reclamações, o banco diz que consertou o aplicativo. Em menos de 30 dias,o aplicativo teve 15 atualizações. A última, diz o banco, permitirá 5 mil usuários por minuto.

O teor dos comentários mais recentes nas lojas de aplicativos já mudou. Na sexta-feira, dia 8, trabalhadores disseram conseguir efetuar as transações após semanas de tentativas. “Depois de mais de um mês, eu consegui fazer o saque”, afirmou uma usuária.

O Caixa Tem foi concebido para oferecer uma poupança social digital, alternativa a quem não possui conta bancária. Permite transações bancárias e pagar boletos e contas.

A necessidade de escalar uma solução emergencial para o pagamento do auxílio gerou uma série de problemas. O banco reconhece que houve falhas. 

GaúchaZH

Comentários

  1. Rudinei Alves da Silva disse:

    Oi até agora não recebi ainda a primeira parcela só dá em análise da louco

  2. Fabiana Rocha ferro disse:

    Eu até hoje não recebi ho meu auxílio estou precisando .p puder p as minha contas .já tem mais de mês eu fiz e até hoje nada ..

  3. Fabiano Luis bechlin disse:

    Pois é o meu já está liberado a um tempo mas nada do caixa tem liberar pra min
    Fiz o da minha mãe e em 4 dias ela sacou o seu na lotérica como pode acontecer isso sendo que liberou o auxílio

  4. Ana paula disse:

    Tô a quase 1 mês em situação d aprovado aguarde o processamento do pagamento . Nao tenho conta na caixa e da no caixa tem com meu CPF q não existe benefício

Publicidade

Últimas Notícias

Estado pode recorrer e deve analisar decisão nesta quinta-feira

No Vale do Taquari a temperatura deve variar entre 19ºC e 28ºC

Vítima fata é um homem de 41 anos que dirigia um dos veículos de carga envolvido na colisão

Serão beneficiados 3,6 milhões nascidos em agosto e outros 1,6 milhão que fazem parte do Bolsa Família, com número final 3 do NIS