Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Geral

Bom Retiro do Sul amplia monitoramento de pacientes em isolamento domiciliar

Em média, o município vem tendo 55 pessoas em isolamento domiciliar

Foto: Fernando Dias / Divulgação

A Secretaria de Saúde de Bom Retiro do Sul, ampliou as equipes que fazem o acompanhando e monitorando das pessoas que estão cumprindo isolamento social, como forma de reforçar a prevenção ao novo coronavírus.

Em decorrência da pandemia, o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde, definiram protocolos de atendimento e acompanhamento, recomendando que as pessoas com síndromes gripais e as que estejam contaminadas pelo coronavírus, devam cumprir, quando possível, o período médio de 14 dias em casa, recebendo acompanhamento e monitoramento de profissionais das secretarias de saúde dos seus respectivos munícipios.

Com uma média diária de 55 pessoas ativas em isolamento domiciliar no munícipio, a Secretaria da Saúde ampliou o número de servidores que irão fazer este monitoramento, tanto por telefone a cada 48h por paciente em média, como também em visitas nas residências.

De acordo com o Secretário da Saúde, Paulo Marmitt, o objetivo é intensificar os cuidados de higiene que as pessoas devem ter em casa e reforçar a importância de permanecerem em isolamento, cumprindo as orientações que o médico prescreve no momento da consulta.

“Nosso objetivo é reforçar a conscientização das pessoas que estão em isolamento domiciliar, para que elas fiquem em casa, pois o risco de se contaminarem ou contaminarem outras pessoas é muito grande. O vírus se propaga principalmente em aglomerações e pelo contato físico, onde o uso das máscaras, mesmo em casa, é fundamental. Com o monitoramento, queremos evitar que mais pessoas sejam contaminadas”, explicou Marmitt.

De 1° de abril até hoje, cerca de 600 pessoas buscaram atendimento com síndromes gripais no Centro de Cuidados Respiratórios no bairro São Francisco e no Hospital de Caridade Sant’Ana. Destas, 27 contraíram o coronavírus e cerca de 200 tiveram a recomendação médica de cumprir isolamento domiciliar.

 “Estamos trabalhando com várias ações de conscientização e prevenção, para evitar que um grande número de munícipes venha a contrair o vírus simultaneamente e sobrecarreguem a capacidade hospitalar para atendimentos. Mas para que as ações tenham efeito, é fundamental que as pessoas sigam as recomendações e orientações que são dadas pelos médicos e órgãos governamentais. A prevenção é a melhor maneira de nos protegermos”, finalizou o secretário Paulo Marmitt.

AI Prefeitura

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Contaminação do produto pode provocar uma nova queda das exportações brasileiras

Técnico Eduardo Coudet deve escalar nesta quinta-feira o que tiver de melhor à disposição

Confira as explicações a algumas das principais dúvidas relacionadas ao novo cronograma de retomada das escolas

Estado registrou 68 novos óbitos apenas nas últimas 24 horas